Filme: O Homem nas Trevas

domingo, setembro 11, 2016

 
Três adolescentes escapam de roubos perfeitamente planejados. Mas, quando eles estão prestes a realizar seu último crime, assaltar a casa de um senhor cego, o jogo muda. Os jovens estão encarcerados e precisam lutar por suas vidas contra um psicopata cheio de segredos.
Depois da parceria no remake de Evil Dead, o diretor uruguaio Fede Alvarez, o roteirista Rodo Sayagues e a atriz Jane Levy repetem a parceria em O Homem nas Trevas, que está dando o que falar nas últimas semanas. Há até uma crítica dizendo que é o melhor filme de terror americano nos últimos vinte anos. Claro que é exagero, mas a verdade é que a tensão está presente do início ao fim numa trama que aproveita até o último minuto para mais uma jogada.

Em Detroit, três amigos ganham a vida invadindo casas, com intenção de vender os itens que roubam. Rocky, Jane Levy da série Suburgatory, quer uma quantia suficiente e se mudar para Califórnia com sua irmãzinha e assim escapar da mãe negligente. Quando uma das vendas não sai como esperado, seu namorado Money, Daniel Zovatto da série Fear the Walking Dead, sugere roubar $300.000 de um veterano do exército que vive num bairro abandonado na área. De início Alex, Dylan Minnette da série Awake, acaba sendo do contra, pois os três nunca roubaram dinheiro, mas cede e decidem vigiar o homem antes de todo esquema e descobrem que ele é cego. Será super fácil, né? Só que não!
O trio de amigos se reúne para roubar O Homem Cego
Dopar o cachorro do capiroto, foi a parte fácil - sério gente, aquele cachorro parece possuído e três cachorros interpretam ele, todos loucos - porém, entrar na casa nem tanto. Então, imaginem pra sair...Quando o primeiro alvo morre, começa o jogo de gato e rato. O Homem Cego, Stephen Lang de Avatar, acreditava que apenas um estava incomodando, mas vocês sabem que esse pessoal de filme de terror é sempre burro o suficiente para deixar rastros pra morrer. Pois bem, aqui foram sapatos, e a única solução para detê-los é trancar toda casa. E é claro que O Homem Cego tem um segredo asqueroso.

Homem Nas Trevas não é uma produção grandiosa, mas tem sua qualidade que surpreende no passar dos minutos, deixando a tensão predominar com cenas bem arquitetadas - como o duelo do Homem Cego com os dois amigos restantes, no escuro - e suas reviravoltas. Porém, reviravoltas também têm seu ponto negativo, como o fato de um dos personagens ter mais vidas que gato e perde-se um pouco da magia. Contudo, também colocam aquela dúvida perturbadora na nossa mente: Quem é o verdadeiro vilão?
Stephen Lang interpreta O Homem Cego
É um filme pequeno e boa parte se passa na casa fechada, um ambiente perfeito para ter um ataque nervoso, né? A localidade escura não é convidativa e o clima violento prevalece a cada passo. As atitudes do Homem Cego por vezes são questionáveis para tal condição, como a cena em que o algemam e minutos depois ele aparece solto. Embora, certeza, de longe, é o melhor personagem do filme e muito bem interpretado por Stephen Lang. O fato é que, pra mim, os seres humanos são sempre piores que qualquer alien, espírito ou aranhas, nas produções do gênero. Além de uma simples matança, mexer com psicológico é um ponto a mais.

No fim, minha alma de amante do gênero queria algo drástico, lembrando que nenhum dos envolvidos eram inocentes, porém temos aquele ar de continuação pela última cena. Sou do time que adorou Arrasta-me Para o Inferno - Sam Raimi também é produtor de O Homem nas Trevas - justamente por ele cumprir o propósito drástico em seu final. Não era mais mortes, mas pelo menos justiça para algum lado. Ambos sobreviventes não eram inocentes, mas cada um saiu ganhando algo, inclusive os $300.000.
Jane Levy interpreta Rocky
O trabalho de Fede é maravilhoso, não tem como negar e espero que ele e Jane Levy repitam a parceria mais vezes. Desde Suburgatory acompanho o trabalho dela e me agrada cada vez mais. Aliás, ela se sai muito bem no gênero e se você é fã, não deixe de conferir. O título original traduz bastante das sensações ao assistir O Homem nas Trevas.

Título Original: Don't Breathe
Nacionalidade: Americana
Direção: Fede Alvarez
Roteiro: Fede Alvarez e Rodo Sayagues
Roteiro Adaptado?: Não
Ano: 2016
Censura: 14 anos
Duração: 1h28min
O Que Assistirei?: Terror, Suspense, Violência
Elenco: Jane Levy, Stephen Lang, Dylan Minnette, Daniel Zovatto, entre outros.
Trilha SonoraTracklist
Prêmios/Indicações: ?

You Might Also Like

16 COMENTÁRIOS

  1. Oi Nana!
    Eu vi o trailer desse filme e só o trailer já me fez roer as unhas.
    Parece ser um filme bem tenso!!!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  2. Amei, quero muito assistir e estou ansiosa pela estreia do filme na minha cidade.
    É uma história bem interessante. ♥
    Art of life and books

    ResponderExcluir
  3. Oi Nana, adorei a resenha, as cenas então, parece ser muito bom, anotadinho aqui, bjus e bom domingo.

    ResponderExcluir
  4. Me senti claustrofóbica só com você descrevendo as cenas escuras dentro do cubículo da casa hahaha mas to doida pra ver esse filme, bom saber que ele cumpre o que promete, mas esse final dando ar de continuação.. bem chato

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Nana! Que história tensa, só de ler seus comentários já fiquei nervosa. Dica anotada.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  6. Oi Nana,
    Eu vi o trailer na tv e já desisti de assistir, rs.
    Eu sou medrosa meeeeesmo e não consigo assistir algo tão forte assim não.
    Beeeijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Como eu queria assistir filmes assim haha. Tenho um pouquinho de medo! Te indiquei em uma tag lá no meu blog!!!

    xox
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
  8. Nana :)
    Como vai?
    Aí, parece ser irado!
    Sabe que curto um terror né?
    Mas calma...Se chama "Don't breathe" e traduzimos pra isso? Kkkkkk

    Beijao e se cuida
    www.rimasdopreto.com

    ResponderExcluir
  9. Eu gosto demais demais demais demais desse gênero de filmes. Que te tiram da zona de conforto, te fazem sugerir diversos finais e ter o coração na mão. São os meus preferidos. Quero assistir pra ver se curto *-*

    beijo
    beinghellz.com

    ResponderExcluir
  10. Eu tenho sérios problemas com terror por causa da repetição excessiva e quando vi o trailer desse filme nas duas vezes, em Invocação do Mal 2 e Lights Out (curioso como ambos os filmes tem o James Wan, o cara é o midas da era moderna) eu pensei, não importa o que o cara tenha feito, os jovens querendo rouba-lo é que estão errados, então se ele matar todo mundo beleza. E pra mim se não tiver pelo menos alguém pelo qual você queira acompanhar a historia o filme meio que já morre.
    Por isso eu nem tive muita vontade de ver, mas sei lá
    bjos LP
    quatroselos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Não gosto dos filmes do gênero, mas adorei sua resenha sobre o filme, a premissa é algo interessante. Talvez assista em breve :)
    Beijo*
    http://umminutoumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Eu definitivamente não sou fã de filmes de terror, ainda mais esses que fazem muito sucesso, sou meio desconfiado ... apesar de tudo, as críticas pra esse tem sido boa, assisto quando sair pra baixar.

    http://themikulak.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Nana, tudo bem?
    Não assisti ao Arraste-me Para o Inferno, mas vi o final e achei interessante. Não sei se O Homem nas Trevas me chamou a atenção, mas curti a resenha de qualquer forma! =)
    Beijos,

    Priscilla
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  14. Oi Nana, tudo bem?

    Eu sou muito medrosa, então não vi anda do diretor, mas se a crítica está sendo assim tão positiva acho válido dar uma conferida!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  15. Oie Nana =)

    O designer gráfico que trabalha comigo está doido para assistir esse filme. Mas eu como sou medrosa vou logicamente passar longe rs...

    Porém pela sua critica para os fãs do gênero esse filme parece ser uma boa opção.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  16. Oi, Nana.
    Vi esse filme semana passada e gostei muito.
    Realmente é um dos melhores filmes do gênero dos últimos anos.
    É bem ambientado e tem uma história palpável, sem fantasmas ou assombrações.
    Claro que há um certo exagero em algumas partes, mas as reviravoltas são constantes e nos surpreendem.
    O filme nos mostra que não é preciso grandes malabarismos pra criar um bom filme de terror, suspense e tensão.
    Abraços.
    Diego || Diego Morais Viana

    ResponderExcluir

Olá sejam bem vindos e deixem suas opiniões, com respeito, aqui.

Algumas observações:
- Comentários que não tenham relação com a postagem, serão removidos e não serão respondidos.
- Divulgações, exceto de autores, são removidas e não são respondidas.
- Comentários irrelevantes como: 'ah adorei a postagem', 'adorei a coluna', 'que legal o post' e outros no mesmo nível, são mantidos mas não são respondidos. Até porque, o que iríamos responder, né?

Popular Posts

Like us on Facebook

Subscribe