Livro: Separada & Dividida - Clélia Gorski

sexta-feira, fevereiro 19, 2016

Separada e DivididaAlice, uma assessora de imprensa de 32 anos, decide dar a volta por cima em sua vida, logo após enfrentar a crise do término de seu casamento. Com a tarefa de cuidar de um bebê de um mês e das filhas gêmeas de cinco anos, ela reavalia seu papel no mundo atual, onde a mulher tem que dar conta de inúmeras funções sem borrar o batom, quebrar o salto alto ou descabelar-se no processo. No melhor estilo mulher moderna era pós-industrial, na qual o aspirador de pó prometia ser o símbolo da solução para as tarefas domésticas, Alice reconhece que está sobrecarregada e que necessita, antes de tudo, olhar para si, para então reiniciar sua caminhada de forma mais leve, feminina e feliz. Alice não vive no País das Maravilhas... Mas sabe que pode sim sentir-se num conto de fadas, se assim desejar, desde que seja responsável por suas escolhas. Alice não é biônica, perfeita e nem uma super-heroína. Alice é apenas uma... nova mulher!
A vida de Alice sofreu uma bela reviravolta depois do divórcio. Ela se viu separada, arrendondada, fatiada, socada, costurada, flechada quatro vezes, despedaçada e reconstruída. Na verdade, essa é a maneira como suas crônicas são dividas em Separada & Dividida. A personagem de Clélia Gorski nos relata o doce amargo da vida de uma mãe solteira tentando refazer sua vida, de uma maneira divertida e madura.

"Voltei meu olhar em direção ao espelho e encarei a realidade: eu estava imensa, com um pneu avantajado onde deveria existir uma cintura, seios enormes e pesados, bem mais abaixo de onde deveriam, estar e com uma cicatriz escondida atrás de um curativo que me lembrava: Calma garota, você acabou de ter o seu terceiro filho!" pág: 20.

As crianças ainda eram apenas crianças quando os pais se divorciaram. Felipe tinha apenas um mês e as gêmeas Carol e Beatriz, estavam com cinco anos. Alice, aos 32 anos, começa a nos relatar as dificuldades entre cuidar das crianças, se cuidar e cuidar do trabalho. No momento oportuno surge a ajuda da mãe dela e uma boa oportunidade no trabalho. Ela nos relata como as coisas melhoraram aos poucos: como se desdobrava para conseguir que alguém olhasse seus filhos, a melhora da autoestima, o crescimento no trabalho, a realização pessoal a bela chance de se apaixonar outra vez. Na verdade, quatro vezes. Relacionamentos que trazem ótimos aprendizados para ela e boas lembranças.

Alice é super protetora com as crianças, um relacionamento deveria valer muito a pena para que ela apresentasse o cara para os filhos. Apesar de algumas faltas, por causa da vida profissional, é bonito acompanhar a maneira como ela tenta recompensar, colocando eles sempre em primeiro lugar e claro, outras vezes ela também se coloca. Sua autoestima melhora consideravelmente depois da separação e é como vê-la renascer. Gostei que a autora não trouxe o marido para o enredo novamente depois da repaginada de Alice. Ao finalizar a leitura, refleti que não queria essa impressão de que a aparência contava para a separação. Aliás, o marido só aparece no primeiro capítulo.

"A questão é que nosso coração funciona como um compartimento interior e podemos acumular lembranças nele. É certo que muitas coisas não são boas e precisamos fazer a faxina de tempos em tempos. Mas o incrível desse "compartimento" é que sempre há espaço para o que é sublime." pág: 81.

A narrativa atravessa doze anos, sem nem o leitor notar. Às vezes parece que Alice tem a vida agitada, daí ela menciona a idade dos filhos e vem o espanto da quantidade de coisa que ela passou para conseguir parte das conquistas, incluindo a sensação de paz interior. Sério, as gêmeas começam com cinco anos e quando lá para o final ela menciona dezessete anos, eu senti um certo realismo porque as coisas não dão certo de um dia para o outro em nossas vidas, não é?

Separada & Dividida é o livro de estreia da autora, com escrita fluída e sua Alice passa maturidade em cada página. Ela tinha motivos para viver se lamentando e chorando, mas ela pensa mais em se reerguer. As crônicas são bem divididas e para os mais ávidos, a leitura pode ser de um dia. A edição está ótima e a arte condiz com o conteúdo.

" Eu acendi a minha luz! E, então, após sorrir de volta, eu desviei meu olhar de seus olhos e me entreguei de corpo e alma à imponência da cachoeira, banhar-me da certeza de que eu nunca mais me sentiria dividida." - pág: 188.


Autora: Clélia Gorski
Origem: Literatura Brasileira
Editora: Novo Século/ Talentos da Literatura Brasileira
ISBN: 9788542806151
Publicação: 2015
Páginas: 192
Série: Não
O Que Tem?: Crônicas, Mulher Moderna, Chick-Lit



O Obsession Valley agradece à editora Novo Século, por ceder o exemplar para análise.

You Might Also Like

19 COMENTÁRIOS

  1. Oie,
    adorei o livro, parece ser bem legal. Gostei desde a capa até sua resenha.
    Vou colocar na listinha de desejados :)

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi, Nana.

    Não conhecia o livro! Parece ser uma história realista mesmo.
    Acho linda a capacidade que o ser humano tem de se reinventar e de dar a volta por cima!


    Beijoca
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    Acho interessante esses livros em que a protagonista cresce e evolui, parece mesmo ser bem bacana e realista. Gostei muito da resenha!
    Beijos.
    Nasci Gabriela - www.nascigabriela.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oii Nana!
    Linda Resenha, não conhecia esse livro, gostei da premissa e como a protagonista cresce ao longo da história, é algo que eu leria...
    Blog de cara nova! Adorei!

    Beijinhos,
    Leisi!
    Amanhecer Literário

    ResponderExcluir
  5. Oi, Nana! Tudo bem? Apesar de ter adorado sua resenha, não fiquei tão interessado em ler o livro. Sei lá, algo me diz que eu não vou curtir a obra, sabe? :/

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi,
    Não conhecia o livro, mas fiquei bastante curiosa pq ele mostra "a vida como ela é". O Selo Talentos da Literatura Brasileira tem trazido autores com mt talento.
    Bjs!
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  7. Parece bom, ainda mais em questão do tempo, como você disse, as coisas não dão certo de um dia pro outro! Achei super boa sua resenha, não conhecia a autora e nem essa editora!
    xoxo
    mutant-paradise.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. A capa é muito fofa e eu adorei o enredo. É um livro que eu gostaria de ler sim!
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Adorei a premissa desse livro e, claro, a sua resenha *----*
    Adoro livros onde os personagens vão se desenvolvendo :)
    Já vai para a lista de desejados!
    Beijo*
    http://umminutoumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi, Nana! Tudo bem? Eu não conhecia esse livro, mas a coisa que mais gostei foi o que você mencionou sobre o realismo. É difícil encontrar histórias assim e acho importante ter tramas como a da personagem, não tem como negar que o divórcio é uma etapa da vida de muita gente que conhecemos, acho importante ter livros sobre essa realidade. Outro ponto que gostei foi a "não volta" do marido, eu simplesmente odeio ver personagens que já estão bem resolvidas serem tentadas por algo que fracassou no passado. Confesso que só não curti a capa, a arte não favoreceu a ideia da personagem madura, mas enfim, a dica está anotada!
    Aaaaah, parabéns pelos cinco anos do blog! Que venham mais cinco, dez, quinze... haha É tão legal perceber como um blog pode ir se encaixando em nossa rotina e fazer diferença nas nossas vidas né? Adoro o "Obsession Valley" e espero sempre poder entrar aqui e descobrir mais coisas legais! Bjão, Nana
    Jéssica S. - http://lereincrivel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Adorei a sinopse e já vou colocar na minha lista de leitura!!
    E ah, estou beeem apaixonada pelo seu blog! Muito clean e bonitinho <3

    xox
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
  12. Oooi! Tudo bem?

    Não conhecia o livro, parece bem interessante. Vários pontos ressaltados por você me deixaram curiosa, realmente isso da passagem dos anos dá um toque maior de realismo, já ganhou pontos comigo só por essa abordagem. Não se vou pegar por agora, não tenho hábito de ler contos ou crônicas, prefiro os romances então acabo priorizando eles. Mas depois, quando estiver com vontade de algo diferente, com certeza.

    Beijinhos, te espero lá no http://amendoasefelpices.blogspot.com.br/

    Não sabe o que fazer com aquele livro que você não vai ler de novo e que está ocupando lugar desnecessário na sua estante? Criamos um sistema de trocas em grupo bem legal, para mais informações acesse essa página do blog: http://amendoasefelpices.blogspot.com.br/p/trocas-de-livros.html

    ResponderExcluir
  13. Olá, Nana.
    Achei a capa super divertida e a história parece ser ótima. Sempre é bom ler histórias de superação, dá uma motivação a mais na gente hehe. E gosto de livros assim que passam anos e nem percebemos de tanto envolvidas que estamos na história.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  14. Oi Nana,

    não conhecia o livro e fiquei com vontade de lê-lo justamente por trazer uma história divertida e realista. Bom saber que o livro mostra bem os grandes desafios de uma mãe solteira e que evolui bem, mostrando a vida da personagem através dos anos, pois, como você bem disse, nada muda de um dia para o outro.

    Ah, amei o novo visual do blog! <3

    Beijos!
    Visite o Mademoiselle Loves Books
    http://www.mademoisellelovesbooks.com/

    ResponderExcluir
  15. Oi Nana!
    Já fico mais feliz pela protagonista ter 32 anos, já é algo mais maduro e não uma história sobre adolescentes.
    E adoro livros para ler em um dia *-*
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Não faz meu estilo, então acho que não leria...não curti a capa também....
    A propósito, não tinha visto esse novo layout, ficou tão bonito!
    bjs

    ResponderExcluir
  17. Nana eu já me apaixonei pela Alice, só de ler a resenha! Que vida complicada! E achei a capa super fofa!!

    Bjs, Michele

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  18. Oi :D
    Essa capa é lindinha.
    Parece ser uma leitura gostosa e divertida, adorei a dica.
    Bj

    @saymybook
    saymybook.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Oi Nana!
    Só de saber que o marido não volta depois do divórcio já me interessei. Legal também que é possível ver o crescimento da protagonista!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir

Olá sejam bem vindos e deixem suas opiniões, com respeito, aqui.

Algumas observações:
- Comentários que não tenham relação com a postagem, serão removidos e não serão respondidos.
- Divulgações, exceto de autores, são removidas e não são respondidas.
- Comentários irrelevantes como: 'ah adorei a postagem', 'adorei a coluna', 'que legal o post' e outros no mesmo nível, são mantidos mas não são respondidos. Até porque, o que iríamos responder, né?

Popular Posts

Like us on Facebook

Subscribe