Livro: Arteza Knight e o Dragão de Obilost - L.F. Nones

terça-feira, junho 23, 2015

ARTEZA KNIGHT
O jovem Arteza Knight esteve isolado em sua vila de Burglen, no interior da poderosa nação de Elderlah, por toda a sua vida. Porém, o local é saqueado e Dario, seu pai e importante protetor do lugar, parte em direção de uma suposta mina de ouro, a fim de salvar os moradores de Burglen da miséria que sucedeu o ataque. Passam-se meses e, ainda com a ausência de seu pai, as condições já precárias da vila se agravam e Arteza sente a responsabilidade de acudir a população. Intrigado pelo desaparecimento do pai, ele resolve seguir os seus passos em busca da mina de ouro. Porém, há um empecilho: para chegar ao local ele terá de atravessar a Floresta de Berlock, a qual muitos sugerem que seja o único lugar das Cinco Nações a ainda possuir criaturas místicas. Acompanhado por três amigos, o garoto embarcará em uma perigosa aventura medieval e descobrirá a razão de ninguém nunca ter voltado vivo daquela floresta.
 
Elderas, Nordia, Sinis e Kan eram ilhas que foram decretadas colônia do Império Ismiraliano e assim que viram a necessidade buscaram sua independência para deixarem de ser colônias. Surgiram então os reinos de Elderlah e Norviaux, o Império de Sinisland e o Sultanado de Kanahte.

Em Burglen, uma vila da nação de Elderlah, fora saqueada por ladinos. Por conta disso, o Sr. Dario, pai de Arteza, resolveu fazer uso de um mapa do tesouro que antes não havia visto necessidade para tal, mas agora, com a escassez de comida, viu-se em busca do ouro. A população de Burglen diminui drasticamente devido à essa escassez.

Após seis meses sem o retorno do Sr. Dario, mesmo sabendo dos perigos que encontrará na Floresta de Berlock, o jovem Arteza não se deixa abater e decide ir em busca do ouro com esperança de encontrar também respostas sobre o desaparecimento de seu pai, ou até mesmo encontrá-lo com vida.

"—Você é livre para fazer sua escolha, vindo ou não eu irei me arriscar. Meu pai e minha vila natal são as únicas coisas que importam agora."

Arteza procura pela ajuda de um amigo antigo de seu pai, Bulba, que aceita juntar-se ao garoto levando junto também sua sobrinha Spices, uma clériga, que com certeza fará muita diferença nessa jornada. Há também um jovem mercenário chamado Fuji que junta-se a eles ao se interessar pelos motivos. É aqui que começa a aventura em rumo à perigosa Floresta de Berlock.

O jovem nos leva juntos nessa aventura cheia de criaturas diversas: dwarfs, grifos, goblins...
E o mais esperado. Obilost, o dragão.

Segundo a história, havia uma espada que teve sua lâmina banhada pelo fogo de Obilost. A espada Obilost - como ficou reconhecida - era portada por um Rei que fez um pedido para que ela fosse escondida e que nenhuma alma maldosa pudesse encontrá-la. Que lugar melhor para esconder esse grande tesouro que com o próprio dragão? Somente alguém com coragem suficiente teria determinação para conseguir a posse da espada.

"— Não vai doer, você a perderá mesmo - ri Bulba. — O que pode acontecer é criar um jato de sangue."

A leitura é fácil, mas ao mesmo tempo parece que tudo acontece rápido demais, o que me incomodou um pouco. Há vários acontecimentos em apenas 159 páginasTalvez alguns combates e conflitos pudessem ter sido mais desenvolvidos e até com um nível maior de dificuldade em sua resolução.

Na maioria dos conflitos, senti a facilidade e rapidez com que os guerreiros obtiveram o êxito na vitória contra criaturas que deveriam ser fortes e malignas. Principalmente no combate com Obilost, o dragão - estou in love por "Obilost, o dragão" - onde é esperado que seja o ápice da leitura.

Apesar das minhas decepções, com o desenvolvimento dos combates, recomendo a leitura para quem curte, dá para lembrar muito uma partida de RPG, e, acho que de vez em quando faz bem uma leitura mais leve e fluída.

Posso dizer que o livro me ganhou pela capa e gosto de imaginar Obilost como é nela, com esse ar de dragão fodãoEu comprando briga do Obilost.


Autor: L.F. Nones
Origem: Literatura Brasileira
Editora: Novo Século - Novos Talentos da Literatura
Publicação: 2015
ISBN: 9788542804225
Páginas: 160
Série: Arteza Knight
#1: Arteza Knight e o Dragão de Obilost
#2: ?
O Que Tem? Aventura, Dragão, Fantasia, Juvenil


Links: Autor - Skoob - Compre - Site da Editora
O Obsession Valley agradece à editora Novo Século por ceder o exemplar para análise

You Might Also Like

12 COMENTÁRIOS

  1. Olá Leticia,
    Não conhecia o livro ainda, mas achei a proposta bem interessante. Faz muito tempo que não leio livros com mais fantasia e até me deu uma nostalgia e vontade de voltar a lê-los haha
    É uma pena quando os livros tem ação desenfreada desse jeito. Acabamos sentindo falta de uma pequena pausa para conseguir respirar e seguir em frente com a narrativa, não é? Mas também o livro é bem curtinho...

    Beijos
    Daisy - nuvemdeletras.com

    ResponderExcluir
  2. Me parece um livro baseado em RPG. Eu estou bastante preocupado com o meu livro justamente nessa parte de batalhas se resolvendo de maneira muito rapida. Confesso que a fora Senhor dos Aneis, fazia tempo que eu não lia um livro de fantasia nesse estilo.
    quatroselos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. É uma pena que você tenha se decepcionado, mas infelizmente isso acontece, às vezes os livros nos fisgam pela capa e são meio ruins. Mas enfim... gostei da premissa da história, só que não penso em comprar. haha

    Beijos. Tudo Tem Refrão

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bom?
    Eu não conhecia o livro, adoro livros de aventura e um grande problema que encontro em alguns desses livros é justamente o desenvolvimento de combates. Uma pena que o livro tenha decepcionado nesse conceito.
    A resenha ficou ótima!

    Beijos,
    Juh
    http://umminutoumlivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Ola! Tudo bem?
    Parece que o livro non lhe terminou de gostar, asi que non o vou ler polo de agora.
    Adorei a sua resenha! :)
    Beijos e boas leituras!

    ResponderExcluir
  6. Eu não conhecia esse livro e mesmo não gostando muito desse estilo tenho que reconhecer que o enredo é bem interessante.
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Ainda não conhecia esse livro e me interessei por ele mesmo com suas ressalvas. Adoro livros de fantasia e se tiver dragão então, eu amo hehe. Já li livros assim que a coisa toda é muito fácil, deixa um pouco decepcionado mesmo.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  8. Nunca tinha ouvido falar nesse livro, mas mesmo sendo curto e meio atropelado, a história tem um potencial e tanto!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/2015/06/o-milagre.html
    Tem resenha nova no blog de "O Milagre", vem conferir!

    ResponderExcluir
  9. Oi Letícia, tudo bem?
    Não conhecia o livro, e confesso que este gênero não faz muito minha cabeça.
    Mas, achei interessante a proposta da história e pra quem curte fantasia com ação deve ser um prato cheio.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  10. Não conhecia o livro.
    Faz tempo que não leio obras desse gênero. Apesar de tudo parece ser uma boa obra, se tiver oportunidade irei ler.
    Ótima resenha!

    http://blogquerida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oie Letícia =)

    Não conhecia o livro, mas pela premissa a história me pareceu bastante interessante ainda mais por que adoro livros nesse estilo *-*

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  12. Que capa liiinda!
    É uma pena que os conflitos não tenham sido tão bem explorados. Mas, mesmo assim, parece ser uma boa leitura!

    Beijo,
    http://www.pitadadecultura.com/

    ResponderExcluir

Olá sejam bem vindos e deixem suas opiniões, com respeito, aqui.

Algumas observações:
- Comentários que não tenham relação com a postagem, serão removidos e não serão respondidos.
- Divulgações, exceto de autores, são removidas e não são respondidas.
- Comentários irrelevantes como: 'ah adorei a postagem', 'adorei a coluna', 'que legal o post' e outros no mesmo nível, são mantidos mas não são respondidos. Até porque, o que iríamos responder, né?

Popular Posts

Like us on Facebook

Subscribe