Livro: Reiniciados - Teri Terry

sábado, abril 05, 2014

As lembranças de Kyla foram apagadas, sua personalidade foi varrida e suas memórias estão perdidas para sempre. Ela foi reiniciada. Kyla pode ter sido uma criminosa e está ganhando uma segunda chance, só que agora ela terá que obedecer as regras. Mas ecos do passado sussurram em sua mente. Alguém está mentindo para ela, e nada é o que parece ser. Em quem Kyla poderá confiar em sua busca pela verdade?




“Ser transformada numa Reiniciada faz isso com você. Deixa a pessoa vazia de experiências.”

Kyla é uma reiniciada, o que significa que não se lembra de nada de sua vida anterior, suas memórias foram apagadas. Apesar de evoluir muito mais rápido, um reiniciado é como um bebê, e quando aprende o básico está apto a ser integrado em uma família, aprender a conviver e se portar bem em uma sociedade. 

Mas Kyla é diferente, têm pesadelos, pesadelos que parecem tão reais, que parecem ser memórias. Sem saber em quem confiar, o que é seguro perguntar e saber, Kyla terá que se adaptar a essa vida em busca da verdade sem se expor.

Os Reiniciados têm uma espécie de controlador em seu pulso, uma pulseira chamada “Nivo”. O nivo tem como função medir o nível de felicidade de um reiniciado, se está triste ou não estar contente com algo pode apagá-los. Com um dispositivo desses, é difícil um reiniciado descobrir o que lhe dá prazer sem ter que manter essa felicidade falsa e voltar a fazer o que fazia por instinto.

Para todos os efeitos, reiniciados eram jovens delinquentes, mas como acreditar em tudo o que o governo diz? Como acreditar que todos aqueles jovens que foram reiniciados eram jovens perigosos? É o que Kyla fica se perguntando e acaba descobrindo mais do que esperava, no entanto, como saber em quem pode dar a virtude da confiança? 

Reiniciados tem uma leitura fácil e rápida com uma narrativa que torna difícil não se ver envolto na história. Teri consegue fazer o leitor sentir como a própria Kyla, sua insegurança, seu medo e sua coragem... do pior, o desconhecido.

“Eu quero - não, eu preciso saber tudo. Cada fato e detalhe que eu possa descobrir e categorizar, desenhar e listar, é mais um passo.”

Quando comecei a ler Reiniciados achei que não ia dar certo, mas foi preciso ler apenas cinco paginas para pegar o embalo. Imaginei que arrastaria a leitura um pouco, o que aconteceu foi o contrário, creio que nunca li um livro tão rápido.

O que eu mais queria, era saber como seria o desenrolar da história e, devo dizer que, já que o livro termina com muitas lacunas abertas, espero uma continuação tão boa quanto foi o inicio, necessito! Virei fã!!

Autora: Teri Terry
Título Original: Slated
Origem: Literatura Britânica
Tradutor: Flávia Cortês
Editora: Farol Literário
ISBN: 9788562525728
Publicação: 2013
Páginas: 432
Série: Sim - Slated
#1: Reiniciados
#2: Fragmentada
#3: Despedaçada
O Que Tem?: Distopia, Thriller, Felicidade Falsa

You Might Also Like

20 COMENTÁRIOS

  1. Oi Letícia,
    tudo bem?
    O que eu mais gosto nesse enredo é a luta da personagem em ter suas memórias de volta. Me lembra um pouco do filme A Hospedeira que eu gostei muito. Fora a crítica que o livro aborda.
    beijinhos.
    cila-leitora voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu sou APAIXONADA por Reiniciados!
    Lembro que quando li não conseguia largar tambem kk
    A teri terry é otima, de verdade <3
    Fragmentada também é ÓTIMO, to doidinha pra ler o último agora rsrs
    adorei seu blog, tá muito lindo!
    A capa é perfeita, - também fiquei meio assim por ser aliens, mas vamos ver a leitura né?
    Um beijo!
    Pâm - http://www.interruptedreamer.com/

    ResponderExcluir
  3. Distopia é meu gênero preferido *-*
    Por isso morro de vontade de ler reiniciados \o
    As capas também são muito sensacionais :D

    Beijos
    http://www.interacaoliteraria.com/

    ResponderExcluir
  4. oie Leti
    eu amo distopia, e estava até curiosa para ler esse livro, mas desanimei quando a Luara do estante vertical disse que não tinha romance, ai eu magoei e desanimei rs
    Mas se ganhasse certamente não iria perder a oportunidade de lê-lo.
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  5. menina acredita que eu até sonhei com esse livro? essa história me amedrontou!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Todo mundo fala mo bem desse livro e pelo que vc falou ele é realmente bom. Vou tentar conseguir ele no skoob pra ler também!

    Beijos, http://porredelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Esse livro não me chamou muito atenção por não ser muito meu estilo, não sei se eu leria.

    www.iasmincruz.com

    ResponderExcluir
  8. Olá!!!! Eu já tinha lido algumas resenhas sobre esse livro, mas nada que me desse vontade de ler, mas acredite, depois que li tua resenha fiquei realmente interessada! Espero ler em breve!
    Um beijão

    Lara - Magia Literária
    http://www.magialiteraria.com/

    ResponderExcluir
  9. Li resenhas maravilhosas sobre esse livro. Atiçou minha curiosidade e já coloquei na minha estante do Skoob. Espero ler em breve =)
    Claro que me animei ainda mais sabendo que vc leu rapidinho que pegou o embalo e tals

    Segredo: As vezes penso que apagar umas memórias até que não seria mal rs

    Bjs

    www.reticenciando.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, Leh.

    Não li o livro ainda, mas não sei se a leitura me agradaria.

    Beijos!
    http://fernandabizerra.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Sempre tive vontade de ler essa distopia, parece ser super bacana e a capa é linda o/ =).
    Muito legal a resenha.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Apesar de não ser muito fã de distopias, estou louca para ler esse livro! parece ser ótimo :)
    Adorei a resenha!
    Beijos,
    Ana M.
    http://addictiononbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Não conhecia esse livro ainda, mas parece ser demais!!!
    Adoro histórias assim...

    Parabéns pela resenha...está ótima!!

    Beijos, Bá.

    http://cafecomlivrosblog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Ahhhh, eu também gostei muito do livro!
    Fiquei meio entediada pelo ritmo lento do começo dele, mas peguei um gás fantástico depois de algum tempo, e o final é realmente enlouquecedor!
    Louca pela continuação, e ainda não consegui ler.

    bjus
    terradecarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  16. Já vi várias resenhas e todas falando bem, a sua só veio pra somar assim que tiver oportunidade vou ler com certeza
    Brubs
    contodeumlivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Gosto bastante de distopias e esta é uma que ainda não tive oportunidade de conferir, vejo que é sempre bem elogiada e da maneira que você disse que devorou o livro, deve ter uma trama instigante.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  18. Eu comecei a ler este livro e estou gostando muito. Estou ansiosa para acabar logo e começar a ler o próximo.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. É verdade, esse livro pega no embalo mesmo!!
    Adorei a resenha e o livro também!!

    Bjkas

    Lelê
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Eu sou uma das poucas que não amou essa distopia. Tive um problema com narrativa por ser segurada demais, a autora não dosa muito as informações e deixa tudo para o fim. É uma ideia maravilhosa a do mote dele, mas para mim faltou um desenvolvimento melhor, mesmo assim, é uma leitura válida. A continuação vai te dar muitas respostas, porém, vai gerar novas. =D

    Bjs, @dnisin
    www.seja-cult.com

    ResponderExcluir

Olá sejam bem vindos e deixem suas opiniões, com respeito, aqui.

Algumas observações:
- Comentários que não tenham relação com a postagem, serão removidos e não serão respondidos.
- Divulgações, exceto de autores, são removidas e não são respondidas.
- Comentários irrelevantes como: 'ah adorei a postagem', 'adorei a coluna', 'que legal o post' e outros no mesmo nível, são mantidos mas não são respondidos. Até porque, o que iríamos responder, né?

Popular Posts

Like us on Facebook

Subscribe