Livro: Azar o Seu - Carol Sabar

quinta-feira, julho 04, 2013

Azar o seu!Bia está parada num engarrafamento no Rio de Janeiro, pensando em sua vida azarada. Sem emprego, atolada em dívidas, ela não imagina que está prestes a viver a grande coincidência da sua vida. O motorista do carro ao lado está buzinando, tentando se comunicar com ela, como se fosse um velho conhecido... E ele é! Mas Bia não o reconhece. E como poderia? Ele é um homem, não mais o garoto de dez anos atrás. Está mais encorpado, cortou o cabelo, livrou-se do aparelho nos dentes e das espinhas do rosto, está tão diferente, tão lindo... O motorista sai do carro, mas não tem tempo de se explicar, pois começa um violento tiroteio e eles têm que se jogar lado a lado no asfalto. Certa de que está prestes a morrer, Bia entra em desespero e se prepara para dizer suas últimas palavras, na esperança de que o suposto desconhecido deitado ao seu lado possa levar um recado a Guga, seu amor da adolescência, sem perceber que é ele próprio que está ali, ouvindo a inesperada declaração de amor! Os dois escapam juntos do tiroteio e, a partir daí, começam a se envolver, dia após dia... Guga, sem coragem de assumir sua verdadeira identidade. Bia, fascinada por ele e feliz consigo mesma por finalmente estar se apaixonando por alguém que não é Guga... Azar o seu! vai além de uma comédia romântica. É uma reflexão sobre a importância da amizade verdadeira, do perdão e do autoconhecimento, que nos resgata o poder de decidir sem medo e de reverter escolhas que nos impedem de ser feliz.

"Que ninguém invente de me 'cutucar' enquanto eu estiver lendo esse livro, por tantas outras vezes na minha vida. Nunca o 'deletarei' da minha mente."
Azar o Seu foi minha primeira leitura de Julho. Andava naquela ressaca literária, e realmente precisava de algo para me animar. O livro tem 368 páginas. E não foi difícil virar a noite lendo e finalizar na noite do dia seguinte (porque eu precisava dormir, né?). Já que desde a primeira página Bia já apronta e ganha totalmente minha atenção. Me fazendo rir e também, chorar.

" - E não é pouco, não. - Sorriu. - Eu te deixo muito nervosa! Olha só.
- Meu Deus! - eu disse, envergonhada. - Você é impossível.
- Ah, para de mentir! - Balançou a cabeça. - É feio para alguém de meia-idade.
- Meia idade?
- Eu vi as rugas na sua testa.
- Eu não tenho rugas. - Afastei alguns fios da testa e provei para ele. - Olha aqui. Cadê? Onde estão as rugas?
- Agora desapareceram - disse ele. - Mas antes eu dava uns cinquentinha para você. " - pág: 59

A azarenta (??) Bia, está de passagem pelo Rio de Janeiro, em nome de seu pai que está brigado com seu tio e a manda como representante no funeral da esposa dele - o tio. No cemitério é induzida por seu primo Jair a ver margaridas, ele a leva para um cantinho e BOOM! Começamos a conhecer a 'Lei de Bia'.

Apesar de ajudar seu pai em uma floricultura, para nossa protagonista nem tudo são flores. Na ida para casa, em Juiz de Fora, Bia fica presa no meio de um tiroteio na Linha Vermelha. Óbvio que a jovem fica desesperada e acha que com a sorte que tem, vai morrer. E seus pensamentos estão tão descontrolados, que ela até confunde o motorista do carro que comprou a última garrafinha de água, que ela queria, com um Amparador Espiritual. Um ser que veio buscá-la, e ela queria aproveitar aquele momento para falar sobre o único amor que tivera por toda vida: Guga, seu melhor amigo, irmão de sua ex-melhor amiga Raíssa.

Bia, não imagina que o próprio, que não via há dez anos, está ali sem espinhas e sem aparelho nos dentes, escutando toda sua declaração e vontades sexuais. Os dois sobrevivem ao tiroteio e seguem para Juiz de Fora. Guga decide manter sua identidade em segredo, até arrumar um jeito de contar para Bia, sem deixá-la sem graça. Bia agora tem que aprender a perdoar e decidir qual caminho seguir: o da razão ou do coração? E... consertar váááárias coisas de sua vida, por tabela. Porque, claro, azar o dela de pensar que está tudo correndo perfeitamente.

"Foi quando Guga partiu para a Inglaterra que meu céu de brigadeiro começou a azedar." pág: 45

Bem que dizem que é difícil fazer resenha sobre um livro que a gente gosta muito. Ainda mais uma história que em nenhum momento me desanimou ou algum personagem, me deixou irritada. Se me deixava irritada, em algum momento eu acabava me divertindo.

Bia é uma protagonista maravilhosa. Creio que dificilmente será, encontrar uma jovem que NÃO se identifique com ela, em algum momento. Ela tem aquele 'Q' de Bridget Jones que até vergonha 'com ela' você sente enquanto está lendo. Sério, eu nem me dei conta de quantos: 'Ai meu Deus!' - eu disse, durante a leitura. Vamos acompanhando seu passado e presente, e compreendendo o porquê de seus pensamentos. E fora que ela consegue ter uma melhor amiga mais legal que a Mia Thermopolis (Lily bleh / Raíssa s2s2s2s2).

Já Guga é, como Alcione diria: garoto, maroto, travesso ♪ e apaixonante. Durante a leitura eu meio que impossivelmente conseguia sentir raiva desse cara. Tudo ele tem uma resposta, e na maioria das vezes era um argumento certo, claro na minha humilde opinião. E eu falava: "Cara, ela vai socar sua cara, você está brincando com fogo.". Mas ele era atrevido, e eu gostei disso. E tipo, ele tem uma banda! E uma banda EM LONDRES!!! Como não amar?????????????????

Estava sentindo falta, de um casal de protagonistas que me conquistasse.

" Eu não podia me afogar! Meu Deus, não podia, não! Eu tinha um milhão de contas para pagar! Tinha o Magazine Luiza! Também a Leader, a Renner, os carnês do Baú.." - pág: 22

Ainda não li o outro livro da Carol Sabar, Como Quase Namorei Robert Pattinson, mas gostei muito da sua escrita. Divertida, atual e corajosa, sim corajosa pelo fato da história alternar com o passado e o presente da protagonista. Já li alguns livros, de outros autores, que sentia isso insosso e cansativo. Bia tem um carisma tão grande que torna sua vida interessante e gostosa de acompanhar, apesar do 'azar', né?

Narrado em primeira pessoa, também é super gostoso de acompanhar as referências musicais gosto, dos personagens, entre outras referências também, de acordo com a época que a protagonista narra sua história. Que saudades da TV Colosso.

Azar o Seu com certeza seria aquele livro, da minha época de escola ou faculdade, que após a leitura eu ficaria dias durante os intervalos, falando sobre ele e seus personagens com minhas colegas de classe. Mas tentei fazer isso agora com vocês, não sei se me saí bem. Mas espero ter passado uma ótima opinião de um dos livros maravilhosos que li esse ano [até agora].

E essa capa é tão linda e fofa! Será que já pode pedir uma continuação?
" Que sorte, pensei, sentindo um friozinho na barriga.
Mas eu já deveria estar careca de saber que, na vida de uma azarada, a sorte nunca deve ser louvada. Porque na vida de uma azarada, mesmo quando parece impossível, as coisas ainda podem piorar." - pág: 215.

Azar o Seu, se não ler esse livro! É clichê, mas eu tinha que escrever isso!!!
E nossa amei Caxias City (Duque de Caxias, minha cidade, sendo citada no livro que emoção, gente!)

AutoraCarol Sabar
Origem: Literatura Brasileira
Editora: Jangada
ISBN: 9788564850361
Publicação: 2013
Páginas: 368
Série: Não
O Que Tem?: Protagonista Azarada, Primeiro Amor, Rio/Minas/Londres

O Obsession Valley agradece à Editora Jangada por ceder o exemplar para análise.

You Might Also Like

18 COMENTÁRIOS

  1. Oi Nana!

    A história parece ser uma graça e a capa é realmente super fofa! Adorei o desenho! Deve ser uma leitura bem light daquelas que a gente faz em intervalos de leituras bem tensas ahuhauhua \o/

    ResponderExcluir
  2. Desde o lançamento estou louca por esse livro!!!
    Amei a resenha e fiquei ainda mais querendo ler!!! Parece ser muito divertido e quero conhecer o Guga!!!

    ResponderExcluir
  3. Esse livro parece ser muito bom
    Leve e divertido

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. O livro parece realmente divertido e a capa é muito fofa. É tão dificil encontrar um livro que fala de Minas, fico muito empolgada quando encontro. A autora parece que consegue nos trnsportar para dentro da historia, já que você até dialogou com o personagens rsrsrsrs

    ResponderExcluir
  5. Pelo twitter eu vi muita gente comentando sobre o lançamento aqui no Rio e tal, eu sou um pouco do contra quando o livro faz tanto estardalhaço. HSUAHSUAH
    Tiroteio na Linha Vermelha? Uma coisa tão pouco comum e ela diz que é azarada? Espero poder ler esse livro ainda esse ano. >.<
    A Raíssa no passado era ex-melhor amiga dela e no futuro não é mais? Eu não entendi direito se a Bia teve ou tem uma melhor amiga melhor que a Mia.. XD
    Obs: vocês já postaram o resultado do TC de Junho? :o
    www.yasmim-namen.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Adoooorei a resenha, eu já estava louca para ler, agora então. rsrsrs

    Ainda não li o outro também, mas dizem que é muito legal.

    Beeeijos,

    Débora,
    http://estantedadebora.com.br

    ResponderExcluir
  7. Ahhh, esqueci de dizer. Sim, você conseguiu dialogar. Eu sei muito bem como é, adoro livros que me dão vontade de passar a semana falando sobre eles, amo mais ainda ter com quem falar, meu blog serve bem pra isso. Só Deus sabe o quanto eu surto lendo um livro, hahaha

    Beijos,

    ResponderExcluir
  8. Eu gostei bastante da resenha e acho que vou no lançamento do livro aqui no Rio. *-*

    Obs: meu comentário anterior foi deletado ou a internet não carregou?'-'

    ResponderExcluir
  9. Yasmin Namen
    Não foi deletado não, quando é deletado o blogger deixa uma mensagem no post.

    ResponderExcluir
  10. Aaaaai, os livros da Carol me parecem excelente, tenho muita vontade de ler, ambos!

    Beijo

    ResponderExcluir
  11. Não sabia que a Carol escreveu Como quase namorei Robert Pattinson! haha' Já li resenha desse livro e com certeza deve ser tão bom quanto Azar o seu, me encantei por ele pela sua resenha Nana *_* Personagens como a Bridget me irritam pela vergonha alheia que eu tenho, mas são muito engraçadas e cativantes. Enfim, entrou pra lista de desejados ><

    Beijos
    Meu outro lado

    ResponderExcluir
  12. Oi Nana,
    Ainda não li nada da Carol Sabar, mas achei o enredo de “Azar o seu”, bem divertido e sua resenha me deixou bem interessada em lê-lo.

    *bye*
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Nana, eu lembro desse lance de aparecer a mensagem 'deletado pelo autor', mas eu jurava que tinha ido o comentário. :~ Foi todo fofinho u.u' Eu zoando a linha vermelha e Caxias City e a inspiração acabou depois que voltei aqui e vi que ele ñ tinha ido. :~
    Beijos. ^^
    www.yasmim-namen.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Nana, recebi esse livro da jangada por engano, e acabei que nao tive vontade de lê-lo ainda xD
    Já vi muuuita gente flando super bem do livro, maaas ainda assim vou esperar minha lista de vou ler por enquanto. :D
    Beijos
    http://nolimitedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Já adicionei o livro na minha lista de desejados, ri demais com sua resenha, e estou louca para conhecer a história. Eu adoro esse tipo de história, e se só com a resenha eu ri desse jeito, imagina com o livro.

    Ótima resenha!!!!!

    bjks

    ResponderExcluir
  16. Quero muito ler esse livro, desde quando foi lançado. Tá todo mundo elogiando bastante! Também ainda não li nada da Carol Sabar, fiquei curiosa.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Azar o meu porque ainda não li esse livro. kkkkkkkk
    Mas estou doidinha para ler!
    É tão bom quando a gente encontra uma protagonista atrapalhada e que adoramos, não é?
    Eu comecei a ler o outro livro da Carol, mas nunca consegui acabar. Sad Life!!
    Agora estou doidinha por esse!!!!!!

    bjus
    terradecarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Adorei a sua resenha e depois de ler ela, fiquei com ainda mais vontade de ler "Azar o seu"! Jurava que esse livro era da Paula pimenta, pelo modelo da capa e tudo mais haha. Espero comprar logo ele!
    Beijos,
    Amanda.
    http://havingbooks.blogspot.com

    ResponderExcluir

Olá sejam bem vindos e deixem suas opiniões, com respeito, aqui.

Algumas observações:
- Comentários que não tenham relação com a postagem, serão removidos e não serão respondidos.
- Divulgações, exceto de autores, são removidas e não são respondidas.
- Comentários irrelevantes como: 'ah adorei a postagem', 'adorei a coluna', 'que legal o post' e outros no mesmo nível, são mantidos mas não são respondidos. Até porque, o que iríamos responder, né?

Popular Posts

Like us on Facebook

Subscribe