Livro: O Atlas Esmeralda - John Stephens

segunda-feira, junho 17, 2013

Há dez anos, numa noite de inverno, os irmãos Kate, Michael e Emma foram tirados de suas camas às pressas, perseguidos por criaturas estranhas e levados para longe de seus pais, os quais nunca mais viram. Desde então, os três passaram todo esse tempo vivendo em vários orfanatos sem saber o que de fato aconteceu naquela noite. Kate, a mais velha, é a única que tem lembranças dos pais, a quem jurou proteger seus irmãos a todo custo até que a família estivesse reunida novamente; Michael, o do meio, adora o mundo dos livros e histórias de magia e é sempre alvo de implicância dos garotos mais velhos; e Emma, a mais nova, é uma verdadeira encrenqueira, mas de grande coração. Quando chegam a uma mansão abandonada, os irmãos encontram um atlas encantado que os faz viajar no tempo e os leva para uma terra habitada por gigantes, anões, lobos famintos, crianças prisioneiras e uma condessa que é a fonte de todo o Mal. Assim, as crianças que apenas buscavam o paradeiro de seus pais acabam tendo que salvar o mundo.
Kate e os irmãos, Michael e Emma, já passaram de orfanato em orfanato e apenas Kate possui lembrança dos pais, e por ser a mais velha, tem a missão de proteger e cuidar dos irmãos. Uma letra P, isso é tudo o que as crianças sabem sobre seus pais, nos quais acreditam fortemente que um dia virão buscá-los. Depois de pisarem em muitos orfanatos, são, enfim, mandados para Cambridge Falls e, em meio à busca por sua família, descobrem que são crianças predestinadas.

Na mansão onde se encontram agora, os irmãos P resolvem esgueirar-se pelo seu novo lar e acabam encontrando, acidentalmente, um livro capaz de transportá-los pelo tempo. É a partir daqui que a aventura começa realmente e embarcamos em um mundo cheio de magia junto aos irmãos P. Já na primeira viajem ao passado, nos deparamos com Condessa, uma dentre todos os personagens bem construídos e com uma participação marcante. Não é difícil, mesmo ela não tendo boas intenções, deixar de gostar dela. É como um antagonista que te atrai.

Os personagens, do mais simples ao mais complexo, foram muito bem trabalhados e podemos contar com uma grande variedade. Aventurando-se por este mundo mágico, encontramos anões, gigantes, criaturas horrendas e medonhas, enfim, todos com sua participação, mesmo que mínima, porém, importante. Dentre todos - Gabriel, o gigante - foi o que mais me cativou por seu jeito de ser, sua preocupação com as crianças. Ele é aquele personagem que parece agradar a todos.

Toda a ação contida em “O Atlas Esmeralda” é recheada por uma descrição de - ação atrás de ação - que prende sempre aparecendo algo novo. Confesso que no inicio achei que ficaria confusa, porém, fluiu tão bem que os pontos foram se encaixando de maneira estupenda. Em aberto, algumas lacunas são deixadas para a continuação, pela qual espero agora ansiosamente pra saber o que vem por aí.

“- Talvez não. – Disse ele, finalmente - Mas você ouviu a Condessa. Não existe acaso quando se trata de magia. As coisas acontecem por algum motivo. Até a vinda de vocês para cá. Chega, já falamos demais.” (Pág. 98).

Tive medo ao começar a leitura por achar que me arrastaria, mas muito pelo contrário, gostei tanto que não sabia nem como começar a resenha. Os últimos capítulos, no meu ponto de vista, foram os mais emocionantes. Ainda não consigo lembrar um livro que tenha me feito rir e chorar ao mesmo tempo e tudo por estar surpresa positivamente no momento. Surpreendi-me com o final, não esperava que fosse como foi.

Esse foi o motivo pelo qual tornei este um dos meus favoritos, recomendo muito a leitura, principalmente para os que curtem literatura fantástica.

Autor: John Stephens
Título Original: The Emerald Atlas
Origem: Literatura Americana
Editora: Suma de Letras
Tradução: Lívia de Almeida
ISBN: 9788581050133
Publicação: 2011
Páginas: 296
Série: The Books of Beginning
#1: O Atlas Esmeralda
#2: A Crônica do Fogo
#3: O Livro da Escuridão
O Que Tem?: Aventura, Magia, Viagem no Tempo

LinksSkoob - Compre - Autor - Site da Editora
O Obsession Valley agradece à editora Suma de Letras por ceder o exemplar para análise.

You Might Also Like

16 COMENTÁRIOS

  1. Nossa, tinha ouvido falar desse livro mas nao se destacou pra mim sabe? Mas pela sua resenha, ele é maravilhoso! Eu tô meio de saco cheio de infanto-juvenis no momento, mas quando voltar a ler livros do gênero já sei por qual começar!

    Beijokas
    escolhasliterarias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Assim que li a sinopse, logo me lembrei de As Crônicas de Nárnia, pelo formato do enredo criado pelo autor. Gostei da resenha e fiquei bem interessada em ler o livro.

    *bye*

    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    O livro me parece ser bem interessante, já entrou na minha lista de próximas compras HHAHAH

    Abraços,
    Marinah | www.marinahgattuso.blogspot.com *--*

    ResponderExcluir
  4. cara gostei olha e eu nem conhecia o livro.

    ResponderExcluir
  5. Eu adorei a resenha mas ainda tenho minhas dúvidas se pretendo ou não, ler. O enredo não me atrai muito, quem sabe?

    ResponderExcluir
  6. Sempre quis ler este livro desde o lançamento, até hoje não consegui, sniff.

    Beijoks, Vanessa - Blog do Balaio
    https://www.facebook.com/DuBalaioStore

    ResponderExcluir
  7. Não tinha ouvido falar sobre esse livro ainda, mas me interessei!
    Tem uma indicação pro seu blog la no Ponto das Letras :)

    http://pontodasletrasblog.blogspot.com.br/2013/06/tagselinho-2.html

    beijo

    ResponderExcluir
  8. Parece ser uma aventura bem legal!!!
    Apesar de não ser o q eu geralmente leio, parece ser muito bom!
    Gostei da resenha!!!

    ResponderExcluir
  9. Adoro livros assim, e saber que há ação e mais ação me deixaram bem animada para ler, estou lendo um livro do estilo que é muito descritivo e não está indo bem. Bjos!

    ResponderExcluir
  10. Eu já tinha visto esse livro por ai, mas não sabia que era tão bom assim. Pela resenha, eu achei incrível o fato de ter criaturas magicas. Amo demais esse tipo de história e com certeza, eu amaria ler assim como você amou. Obrigada pela excelente dica e pela resenha muito boa.

    Beijos,
    Monique Premazzi.

    ResponderExcluir
  11. Oi!
    Gostei de saber sua opinião. (:
    Até o momento não havia lido nenhuma resenha desse livro. A sua foi a primeira. Parece ser um bom livro. Acredito que eu gostaria. Porém, é uma série e eu já não pretendo iniciar nem ao menos uma série no momento.
    Enfim, caso tenha oportunidade, lerei com toda certeza.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  12. EEu sempre tenho a impressão de que esse livro não seria bom. Deixei de comprar na Bienal por esse motivo. Acho que não cheguei a ler nehuma resenha. A sua é a primeira e me deixou bem curiosa.(:
    Mas por agora não estou em clima de livros de aventura,mas não descarto a possibilidade de leitura.

    Bjinhuxxxx
    Eu li e Divulgo
    http://euliedivulgo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Eu não curto muito literatura fantástica, mas o titulo e a capa me fizeram ficar bem empolgada pra ele. As resenhas positivas também, que sempre ressaltam a ação e aventura. Já tenho o livro e pretendo ler logo.

    Bjs, @dnisin
    www.seja-cult.com

    ResponderExcluir
  14. Hmm.. esse dai eu acho que seria ou muito bom ou muito ruim ao meu gosto.
    E eu gostei da Condessa! kkkkk

    ResponderExcluir
  15. O livro parece uma interessante mistura de Desaventuras em Série e as Crônicas de Narnia. Legal quando um livro desperta emoções tão diferentes. Com certeza é um livro que vou ler quando tiver a oportunidade.

    ResponderExcluir
  16. Eu já tinhas visto esse livro e eu estou com muita vontade de ver ele, pois adoro historias assim com aventuras e magia, eu amo livros assim.

    ResponderExcluir

Olá sejam bem vindos e deixem suas opiniões, com respeito, aqui.

Algumas observações:
- Comentários que não tenham relação com a postagem, serão removidos e não serão respondidos.
- Divulgações, exceto de autores, são removidas e não são respondidas.
- Comentários irrelevantes como: 'ah adorei a postagem', 'adorei a coluna', 'que legal o post' e outros no mesmo nível, são mantidos mas não são respondidos. Até porque, o que iríamos responder, né?

Popular Posts

Like us on Facebook

Subscribe