Livro: Medo de Amar - Marcelo Cezar

quarta-feira, maio 22, 2013


Todos nós estamos à procura da felicidade e da realização dos anseios de nossa alma. Queremos a paz, o amor e o sucesso. Mas muitos de nós ainda não compreendem que tudo isso depende do modo como investimos o nosso poder de crer no bem. Pensamos ilusoriamente que o mal tem força, sem notar que somos nós que estamos dando força a ele. A título de defesa contra as maldades dos outros, enveredamos pelos caminhos da frieza, da agressividade, da condenação, da crítica e do desamor, terminando solitários e carentes de humanidade. Fechamos as portas de nosso espírito e perdemos a luz da vida que nos anima. A carência é filha do nosso egoísmo e buscamos erradamente saciá-la nos entregando à conquista das coisas materiais. Queremos a riqueza, o luxo e o poder, na ilusão de nos sentirmos preenchidos, mas o resultado sempre é desastroso, pois a posse das coisas externas não substitui o amor reprimido. Dar poder só ao bem é o único modo de conseguir vencer o egoísmo e realizar os objetivos amorosos de nossa alma, vencendo finalmente o Medo de Amar.


"O amor não condiciona nem exige. É um sentimento pleno, tranquilo e seguro."

Li Medo de Amar, durante o repouso pós cirurgia - que minha mãe pensa que eu fiz. Confesso que escolhi o livro pelo título, e em um dia e meio consegui terminar a leitura. Graças que dessa vez não me identifiquei com a protagonista. Pretendo não comentar muito sobre o enredo do livro. É um romance espírita, e vou me vigiar completamente para não escrever nada demais.

Maria Lúcia é uma jovem muito ambiciosa. Ela mora com seus pais e irmã em São Paulo. Mantém um namoro de longa data com o pobre Gaspar. Mas como disse, ela é ambiciosa. Um belo dia, ela e seu amigo arco-íris Henrique, arquitetam um plano: Maria Lúcia fazer as pazes com um antigo desafeto da época de escola, uma moça rica, e com isso 'subir na vida'. No começo tudo parece dar certo, ela conhece o irmão da moça e logo o faz se apaixonar por ela. Mas sabemos que quando forçamos algo em nossa vida, vemos consequências futuramente. E para Maria Lúcia, a maioria delas não foram agradáveis. A jovem termina seu namoro com o pobre Gaspar para ficar com o rico Eduardo. Ela amava Gaspar e ele à ela. Mas a ambição falou mais alto e Maria Lúcia, escolhe Eduardo para ter a vida que sempre almejou.

"Maria Lúcia respirou aliviada. Fez bem em terminar o namoro com Gaspar. Agora iria apostar todas as suas fichas em Eduardo Araújo Vidigal". pág: 33.

Logo no início da leitura já descobrimos o final. Não achei isso ruim, no meu caso deixou o ritmo da leitura rápido porque eu fiquei curiosa para saber o porquê daquilo ter acontecido. Enquanto lia Medo de Amar, só me lembrava de uma coisa: Rubi. Sim essa novela que está no ar, pelo SBT. A protagonista, Maria Lúcia super me lembra a Rubi. Ainda mais com a falsa amizade que tem com Sônia, a rica enganada.

A protagonista é bem construída. Engraçado que durante a leitura meus sentimentos por ela mudavam, ou sentia repulsa por ela ou pena. No fim da leitura, fiquei feliz por ela, acreditem. Outro personagem polêmico, é Henrique. Ele consegue ser pior que Maria Lúcia de tão frio que é, pelo menos foi o que senti, é homossexual e deve muito à Maria Lúcia, pelo fato dela ter o livrado dos bullyings da adolescência, na vizinhança.


O autor nos transmite uma ótima mensagem. Não você não leu errado! A protagonista pode ser errada e com isso aprendemos com os erros dela, e no fim até ela aprende.  Às vezes eu parava a leitura e refletia sobre algumas coisas que lia, a 'brisa literária'. Aquele momento que você lê e fica olhando para o infinito refletindo.

"Maria Lúcia, enfim, tomava consciência de que era dona de seu destino e de que nada, nem ninguém, poderia ser mais forte do que o genuíno desejo de seu espírito.". pág: 360.

Aliás, é uma editora organizada que sempre capricha na diagramação dos seus livros. Adorei o detalhe das rosas pelo livro. Das coloridas das até as em preto e branco que marcam os capítulos do livro. Sobre erros, não lembro de ter encontrado nenhum. Até porque é uma edição recente, meio difícil seria de encontrar algo mesmo.

E palmas para mim, que consegui fazer a resenha sem citar nada sobre Faroeste Caboclo.


Autor: Marcelo Cezar
Origem: Literatura Brasileira
Editora: Vida & Consciência
Publicação: 2012
ISBN: 9788577222162
Páginas: 368
Série: Não
O Que Tem? Romance Espírita, Drama, Ambição

O Obsession Valley agradece à editora Vida & Consciência por ceder o exemplar para análise.

You Might Also Like

17 COMENTÁRIOS

  1. Não conhecia esse livro
    Mas pela resenha prece ter uma historia bem emocionante
    Vou procurar

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Parece bem interessante, parabéns pela resenha!!!
    Seguindo o blog de vcs, muito bom e bonito!!!!
    Obrigada pela visita ao meu blog, sejam sempre bem vindas!!!

    Leituras, vida e paixões!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Se um livro te faz ter uma "brisa literária" é por que em algo ele realmente vale à pena.
    O tema do livro é meio forte, já que tá ai desde sempre esse interesse em meios de "subir na vida" e conseguimos ver isso às vezes. (Ou quase sempre).
    Adorei sua resenha. \o
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Acho que mesmo nos dias atuais colocar o homossexualismo em pauta, querendo ou não, é algo forte. Mas tem muita gente por aí tentando quebrar essa barreira, como o escritor do livro fez, parece nos dar uma leitura interessante.
    Ps: Invejinha (boa) ao te ver ao lado de Richard Madden. *-------*
    Sortuda. São nesses momentos que eu queria morar no Rio e não em uma cidadezinha do interior de Sampa. rsrs

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. O livro parece trazer uma bela história Nana, mas não faz muito meu estilo de leitura. Desta vez deixo passar esta dica. Bjos!

    ResponderExcluir
  6. Não curto muito romance espírita, mas gostei muito desse livro.
    Me ganhou pelo título, fiquei super curiosa sobre a história!
    Gostei muito da resenha e fiquei interessada no livro!!!

    ResponderExcluir
  7. Hum...amei a dica! Já li outros livros do autor e escreve muito bem! Adoroo...quero ler esse também. kkkk Adorei a Rubi ali!
    Beijos!
    Paloma Viricio-Jornalismo na Alma.

    ResponderExcluir
  8. Ola, eu só li um livro espírita, gostei... Mais são tantos livros para ler que faz tempo que não pego um, tenho um que ganhei de aniversário..
    Gostei da resenha e das palavras riscadas e os "" hehe
    Adorei mesmo!!
    ótima resenha..
    Lindo blog..

    Beijos Mila
    http://www.dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Nana, com a minha pouca experiência com os livros espíritas ejo que, mesmo quando os personagens são terríveis, o final é de "mensagem" e eles se redimem. Fiquei curiosa com a história, principalmente por você ter lido tão rápido.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi Nana.
    Há algum tempo atrás eu tinha o costume de ler obras espiritas mas acabei dando uma parada com este gênero, porém este livro me chamou a atenção, talvez voltarei a ler e começarei por este.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Oi, Nana!
    Não tinha lido nada sobre esse livro ainda, acabei de conhecê-lo, na verdade. Achei bem interessante. Vou procurar saber mais sobre ele e até, que sabe, comprar.

    Beijo.

    http://www.pontodasletrasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Nunca ouvi falar desse livro, mas, sua resenha despertou muito minha curiosidade! Vou anotar a sugestão ^^"

    Ps: adorei o gif da Angélica/Anahí! =p kkkkkk

    Beijos
    @PollyanaCampos
    entrelivrosepersonagens.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Não conhecia o livro nem a autora. Não gosto muito de livros espíritas, mas parece que a história passa uma mensagem muito bonita.
    A capa é bem bonita!

    ResponderExcluir
  14. Eu curti a ideia geral, meu único medo é q alguns livros tendem a querer te catequizar e aí acabo não curtindo, espero q não seja o caso desse livro.

    Andy_Mon Petit Poison

    ResponderExcluir
  15. Comparando personagens do livro com personagens de novela mexicana já me da muita vontade de conferir porque eu realmente sou louca por novelas mexicanas kkkkkk

    ResponderExcluir
  16. Gosto de obras espíritas, aquelas que nos deixam coisas positivas depois que fechamos o livro.
    Espero gostar do livro :)

    ResponderExcluir
  17. Se a protagonista lembra a Rubi com certeza vou gostar do livro. As pessoas as vezes colocam ambição como algo ruim, mas é ela que impulsiona a pessoa a sair de onde se encontra para um lugar melhor. Claro tudo deve ser medido e é sempre importante agir com ética. Não gosto de romance espírita, mas com certeza este é um livro interessante que vale a leitura.

    @luci_eleoteria

    ResponderExcluir

Olá sejam bem vindos e deixem suas opiniões, com respeito, aqui.

Algumas observações:
- Comentários que não tenham relação com a postagem, serão removidos e não serão respondidos.
- Divulgações, exceto de autores, são removidas e não são respondidas.
- Comentários irrelevantes como: 'ah adorei a postagem', 'adorei a coluna', 'que legal o post' e outros no mesmo nível, são mantidos mas não são respondidos. Até porque, o que iríamos responder, né?

Popular Posts

Like us on Facebook

Subscribe