Livro: Morga, A Maga do Vento – Moony Witcher

terça-feira, setembro 18, 2012

Ano 500. Planeta Emiós. Morga tem 12 anos, cabelos curtos – negros como o piche –, o rosto salteado com sardas roxas sobre a pele branca e olhos azuis. Ela vive em uma casa escondida na floresta com Eremia – a Bramante Branca dos poderosos Fhar, governantes absolutos de Emiós –, e Wapi, seu amado Piróssio, um ser incrível de longas penas como as de avestruz cobrindo o corpo. Morga sabe como usar a magia, lê o céu através das nuvens e estrelas e fareja o vento para saber onde exatamente tem de seguir. Terra e pedras fazem Morga sentir vibrar as forças da natureza, ela bebe a chuva para limpar seus pensamentos e ouve o silêncio para descobrir os segredos da energia. Em Emiós, ela é o único ser “imperfeito”, pois porta DNA humano, substância proibida pelas leis dos Fhar. Quando um repentino vírus se alastra, pondo em risco a existência dos Fhar – que até então se julgavam imortais – e é revelado o segredo sobre a identidade de seu pai, Morga, a Maga do Vento, se torna ao mesmo tempo a maior ameaça ao império Fhar e a única esperança do povo de Emiós, que há muito tempo já tinha se esquecido sobre amor, liberdade e a origem terrestre. Moony Witcher é autora da séria A menina da sexta lua, protagonizada por Nina.

Emiós é onde vive Morga, que fora concebida através do amor. Possui DNA humano, o que a torna a imperfeita e a distingue dos outros Dakis, que possuem um DNA programado. Morga fora criada longe das outras crianças de sua idade e, por ser diferente, tem conhecimento dos sentimentos. Ela viveu seus 12 anos junto com Eremia, a bramante branca, que a ensinou a usar a magia do vento. 

O líder dos Fhar, Okrad, o Grão-Medonho, é malvado e teme que a profecia sobre a imperfeita se cumpra. Morga tem a missão de salvar o povo de Emiós, que já não sabe mais o que é o amor.

Morga nos traz o valor dos sentimentos, as consequências de sentir ou de ser ingênuo quando não sentir. Não ter ideia das vastas emoções que se pode ter com um simples olhar é como os Dakis vivem. Quando Morga se muda para a Colônia Briosa, onde moram os Dakis, ela conhece, inicialmente, dois Dakis e, logo depois, uma Daki, que logo se tornam seus amigos, e passa a compartilhar com eles seus sentimentos. Juntos à Morga, eles descobrem coisas que jamais imaginariam serem verdades ou possíveis de estar acontecendo.

O tipo de personagem que corre atrás do seu objetivo é totalmente aplicável à Morga. No início, por ela sempre falar o que pensa, tive a impressão de que era arrogante, no entanto, logo que engatou em sua missão, ela se mostrou imponente. Mas é interessante que ao mesmo tempo ela se mostra carente – já que sabe da existência de seus pais, mas não fora criada por eles – e muito empática – por seu sentimentalismo em relação aos outros – e, tudo isso junto à inocência e sua personalidade, fazem dela um ótimo personagem.

Outros personagens que me cativaram foram Serunte e Eremia, que apesar de serem mais fechados, ao longo do livro eles vão se deixando levar e se mostram afáveis. Gardênio, por se mostrar sempre prestativo, se preocupando sempre com as crianças. Há também Yhari, que desde sua primeira aparição me ganhou, e Drima quero ter olhos rosa como os dela –, que eu achei uma fofa com seu jeitinho tímido. 

Finalmente os piróssios, principalmente Wapi, que são uma espécie de avestruzes com plumagem aloirada, mas Wapi é direfente, suas penas são brancas. Gente, eu quero um pra mim!!!!

Na capa do livro, as cores, as duas luas, ficaram perfeitas. Outro ponto que me chamou a atenção foram as figuras no interior do livro, são belas, singelas e, diferente da capa, que é bem colorida, nada extravagante. Foi muito bom o trabalho da editora BestSeller, a quem quero aproveitar para agradecer pelo exemplar do livro que fora cedido ao blog. 

No final do livro há o glossário de Emiós, onde tem tudo explicado, os lugares existentes em Emiós, as plantas, enfim, tudo. Foi uma grande ajuda esse glossário, por várias vezes eu o consultei, até que me acostumei com os nomes e as finalidades das coisas.

Por achar o começo da leitura um tanto parada, estou tirando uma estrela, custou um pouco pra que eu continuasse. Pelo menos quando a história ganhou ação deslanchou de maneira totalmente distinta à inicial. Aí a leitura realmente me interessou. 

Recomendo a leitura desse livro pra todos os que curtem esse tipo de leitura.

Abaixo pequenos quotes para vocês:

“Eu sou Imperfeita porque tenho sentimentos e sinto amor; isto eu já entendi. Mas então todos, inclusive vocês, Fhar, podem mudar se quiserem.” (Pág. 73)

“– Ora, você conhece os Ambalis! Mas você acha que sabe usar magia como um Fhar? Você não passa de uma criança humana insignificante e estúpida. O seu sangue é fraco. Você não pode entender nada da grandeza verdadeira da alquimia! – respondeu, quase relinchando.” (Pág. 264)


Autora: Moony Witcher
Título Original: Morga, La Maga del Vento
Origem: Literatura Italiana
Editora: Best Seller
Tradução: Elena Gaidano
ISBN: 9788576845232
Publicação: 2012
Páginas: 350
Série: Série Morga
#1: Morga, A Maga do Vento
#2: Il deserto di Alfasia
#3: La fine della profezia
O Que Tem?: Fantasia, Romance, Magia

LinksSkoob - Compre - Autora - Site da Editora
O Obsession Valley agradece à editora Best Seller por ceder o exemplar para análise.

You Might Also Like

18 COMENTÁRIOS

  1. Oi Nana, tudo bem?
    Nossa esse livro realmente parece ser bem interessante. De vez em quando gosto de ler coisas do gênero que me faça viajar pra uma realidade completamente diferente da nossa.
    Abraços,
    Amanda Almeida

    ResponderExcluir
  2. É engraçado como as ilustrações vêm voltando aos livros, e eu adoro isso! Acho que aumenta a magia ^^
    Gostei da história, apesar de parecer um pouco mais infantil, me interessou.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Aeeee, Nana parabéns! rs
    Calma, quem leu foi a Nana, mas quem postou foi a Ticia? (to confusa..rs)
    Começo parado é apelido. A leitura não desanda de forma alguma..rs
    Mas vale a pena ler. Tem que persistir..rs

    bjinhuxxx
    Eu li e Divulgo
    http://euliedivulgo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi flor,
    Não e um tipo de leitura que me atrai muito então essa vou deixar passar. trocando de saco pra mala tu viu o final da temporada do once upon a time...menina que foi aquilo: aquele dragão e a fumaça roxa subindo..ihihi quando sera que lançam a segunda??
    Bjsss
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. A resenha é otima e o livro parece ser bem interessante, adoro livros com ilustrações.
    Beijos

    Xintia
    www.theniceage.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Olá :)
    Ótima resenha. Não conhecia o livro, mas não me interessei muito, serei sincera .-. Mas achei a capa muito bonita UAHSUAHSUAS E tem ilustrações? Acho muito bacana *-* Quando são bem feitas, pelo menos. Adorei.

    Beijos, Vanessa.
    This Adorable Thing

    ResponderExcluir
  7. Oi.
    Gostei da resenha, porém esse é um tipo de livro que ando evitando ultimamente, acho que pelo fato de estar em outro estilo, entende? Mas nunca digo não,pois talvez algum dia eu possa estar em um momento e querer lê-lo.
    Indiquei um meme para vocês meninas, espero que gostem.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Boa tarde :)
    Como vai?
    Gostei muito da resenha *-*
    Pra ser sincero nem conhecia o livro mas parece fascinante.
    Tem ilustrações? gostei disso.
    Dá pra gente imaginar melhor um cenário,um personagem sabe?

    Beijos e cuide-se

    Rimas do Preto

    ResponderExcluir
  9. Parece ser um livro muito bom
    Gostei bastante
    Ideial para passar o tempo e refrescar

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Adorei sua resenha, Nana!
    Também achei o início um tanto parado, mas depois que a leitura deslancha é só alegria! :P Adorei este livro, e ultimamente ando lendo mais livros da autora (que, por sinal, tem umas séries ótimas!), estou viciada!
    Bjus,
    Paty Algayer - http://www.magicaliteraria.com/

    ResponderExcluir
  11. Sempre curto ver resenhas de livros assim, pq meu filhote lê bastante e estou sempre procurando livros bacanas para ele =) Com figuras então? ADOREI!!

    ResponderExcluir
  12. Que premissa diferente! Sério, mistura um pouco de fantasia com ficção científica... Wishlist já!!

    ResponderExcluir
  13. Ótima resenha! Achei a capa um amor, bem colorida. Adorei a proposta do livro :)
    Adorei o teu blog! Parabéns pelo capricho. Estou seguindo, viu?
    Se puder retribuir no meu, ficarei feliz *-*
    http://foolishhappy.blogspot.com.br

    beijocas!

    ResponderExcluir
  14. Nem conhecia o livro e gosto bastante de livro infantis, me encantei com a Morga a medida que fui lendo a sua resenha. A única coisa q me deixou com medo foi o início devagar, pq as vz qdo é mto devagar eu costumo abandonar o livro =/

    Andy_Mon Petit Poison

    ResponderExcluir
  15. Oi floriznha, o livro parece ser muito fofo.
    Ela me lembrou a menina do wolv ;D

    Amei a resenha!
    ;D

    modaeeu

    ResponderExcluir
  16. Achei a capa mto linda e embora ñ seja meu tipo de leitura leria. As vezes a gente precisa variar um pouco.
    Gostei das citações.

    Bjus, @dnisin
    http://diamanteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Eu nunca gostei muito dessas coisas de bruxo, mas depois do meu vicio em Wicked, acho que seria divertido ler!
    Beeeeeeeeeijos

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    Tenho esse livro na minha fila de leitura faz um bom tempo, já tentei lê-lo três vezes, e por incrível que pareça desisti nas três, o começo é muito arrastado. Mas gostei de saber que depois disso a história tem um ritmo bom, vamos ver se agora crio coragem e enfim o leio.

    Beijos&beijos
    Book is life

    ResponderExcluir

Olá sejam bem vindos e deixem suas opiniões, com respeito, aqui.

Algumas observações:
- Comentários que não tenham relação com a postagem, serão removidos e não serão respondidos.
- Divulgações, exceto de autores, são removidas e não são respondidas.
- Comentários irrelevantes como: 'ah adorei a postagem', 'adorei a coluna', 'que legal o post' e outros no mesmo nível, são mantidos mas não são respondidos. Até porque, o que iríamos responder, né?

Popular Posts

Like us on Facebook

Subscribe