Livro: Frankenstein - Mary Shelley

segunda-feira, abril 16, 2012

Frankenstein ou O Prometeu Moderno / O Médico e o Monstro / DráculaA princípio, tratava-se de um pequeno conto sobre um jovem estudante suíço que ambicionava criar um ser ideal, injetando vida a um corpo morto. Mais tarde, transformado em romance, tornou-se um marco na literatura do gênero. Frankenstein ou o Moderno Prometeu (Frankenstein; or the Modern Prometheus, no original em inglês), mais conhecido simplesmente por Frankenstein, é um romance de terror gótico com inspirações do movimento romântico, de autoria de Mary Shelley, escritora britânica nascida em Londres. O romance relata a história de Victor Frankenstein, um estudante de ciências naturais que constrói um monstro em seu laboratório. Mary Shelley escreveu a história quando tinha apenas 19 anos, entre 1816 e 1817, e a obra foi primeiramente publicada em 1818, sem crédito para a autora na primeira edição. Atualmente costuma-se considerar a versão revisada da terceira edição do livro, publicada em 1831, como a definitiva. O romance obteve grande sucesso e gerou todo um novo gênero de horror, tendo grande influência na literatura e cultura popular ocidental.


Frankenstein é a primeira história do livro de Clássicos do Horror, da editora Martin Claret (que me ajudou bastante na faculdade com os livrinhos de bolso *.*). O livro reúne três clássicos em um único volume: Frankenstein ou o Prometeu Moderno, O Médico e o Monstro e Drácula. E óbvio que primeiro falaremos de Frankenstein.

Creio que todos aqui quando leem sobre o Frankenstein se lembram de uma figura tipo o Tropeço da Família Addams misturado com o Hulk, e com teor bem assustador. Pois é, eu tinha essa imagem na minha mente quando comecei a leitura. E eis que me surpreendo... FRANKENSTEIN NÃO É O MONSTRO! Mas sim o criador.

"Seria o homem tão poderoso, tão virtuoso e magnifíco, mas também tão mau e vil?" . pg: 93

Tudo começa com o capitão Robert mandando correspondências para sua amada irmã na Inglaterra. Preso entre as geleiras, Robert encontra o enfraquecido Victor Frankenstein e o acolhe em seu navio. Victor, então começa a contar sobre sua grande criação para o capitão e as consequências desse ato.

Acompanhamos histórias de Victor com sua família, a amada prima Elizabeth e o grande amigo Henry. Quando Frankenstein entra para faculdade, lá é consumido pelo desejo de descobrir o segredo da vida, e após várias pesquisas ele fica convencido de ter encontrado. Cheio de si, Victor Frankenstein passa meses formando uma criatura com partes de corpos. Quando conclui seu projeto, se arrepende ignorando sua criação.

A 'criatura' de Frankenstein se torna vingativa por ter sido rejeitada por seu criador, e é isso que movimenta a história. Mas é impossível não se perguntar no final da história: Quem é realmente o monstro aqui? Aquele que o criou e o rejeitou? Ou aquele da aparência horrenda que apenas quer ser compreendido, mas todos o afastam por sua aparência?

Como citei no início desta resenha, essa história faz parte de um livro: uma edição especial, que reúne clássicos do horror. Só que infelizmente, Frankenstein não me passou isso. Achei mais uma história trágica e bem emocional. A leitura foi um pouco difícil para se desenvolver, porque as cartas são cansativas e enrolei bastante com essa parte. Resultado acabei atrasando a leitura...

Pesquisei algumas adaptações e lendo as sinopses, a maioria são filmes enganadores com seres monstruosos, quando na verdade o livro é .. humano. E outras coisas alheias foram criadas para o cinema, como A Noiva de Frankenstein, O Filho de Frankenstein, O Periquito do Frankenstein.. (não esse não.. eu acho..)

Pode soar estranho mas o único que retrada bem a 'criatura' é o filme Van Helsing, aquele com Hugh Jackman. Apesar que a relação dele com Victor Frankenstein no filme é descartável..

Deixo vocês com esse curta.. uma raridade de 1910, sinta-se honrado por assisti-lo.
Acho que resume bem a história. Clique aqui e aprecie!

Autora: Mary Shelley
Título Original: Frankenstein
Origem: Literatura Britânica
Tradutor: Roberto Leal Ferreira
Editora: Martin Claret
Publicação: 2011
ISBN9788572328135
Páginas: 534
Série: Não
O Que Tem?: Drama, Gótico, Clássico

LinksSkoob - Compre - Site da Editora 
O Obsession Valley agradece à editora Martin Claret por ceder o exemplar para análise.

You Might Also Like

18 COMENTÁRIOS

  1. Adorei sua resenha e concordo com o que você escreveu. Acho que as pessoas se deixam levar demais pela licença poética e acabam interpretando mal as coisas, criando um senso-comum errado.

    Beijão!

    Lu Tazinazzo
    http://aceitaumleite.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Meninas, nunca tinha lido nenhuma resenha sobre este livro. Também nunca o li, mas já assisti alguns filmes com o tema.Realmente é muito assustador, e seria cômico se não fosse trágico. Bem,acho que seja os dois, kkk
    Por outro lado já li Dr. Jekyll e Mr. Hyde, muito bom. Faz mais ou menos o mesmo estilo.
    Adorei a resenha, beijos

    ResponderExcluir
  3. Também nunca tinha lido uma resenha do livro, as coisas relacionadas a Frankenstein são todas da TV, filmes mostrando a criatura horrenda que não era compreendida pelo seres 'normais'.E a gente não percebe que Frankenstein não é a criatura, e sim o criador, como você escreveu. Achei interessante você também falar que o livro faz parte de contos de horror,mas que na verdade não te transmitiu isso, e sim uma estória emocional! Bem legal, irei ver o curta, e me interessei pelo livro *O*

    Beijos
    http://mon-autre.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Já tinha lido uma resenha sobre esse livro, e ela já havia despertado a minha curiosidade, já que sempre que se falam de Frankenstein, todos só se referiam ao monstro mais não ao criador.
    Ótima resenha!!
    *bye*

    Louca por Romances

    ResponderExcluir
  5. É, lendo sua resenha me dei conta de que não sei nada sobre Frankenstein =/ hahaha. Mas gostei de conhecer.
    Acho que mesmo sem conhecer muuuito bem, sempre achei que fosse uma estória mais pro lado emocional; me lembrando de algumas cenas que devo ter visto em filmes e tal..

    Beijos, adorei a resenha :)

    ResponderExcluir
  6. Mais uma que não sei nada do monstro. E, apesar de não ser nada do que esperava, acho que a história original deve ser ainda melhor. Gostei, quem sabe eu leia.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Tenho curiosidade em ler esse livro, ainda mais porque mostra um lado do Frankenstein que eu desconheço totalmente.
    Gostei da sua resenha e espero um dia poder lê-lo.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  8. Olá :)
    Ah este livro eu quero ler *---*
    Já me foi recomendando :)

    Beijos e cuide-se

    RIMAS DO PRETO

    ResponderExcluir
  9. Oi Nana!
    Eu li esse livro há uns 10 anos e eu amei, não achei nada cansativo de tão envolvida que fiquei! Realmente, ele é bem mais trágico e emocional do que algo de terror, e foi isso que me envolveu.
    Nem me lembrava da aparição em Van Helsing!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  10. A gente sempre leva um susto quando descobre isso. E até que "a criatura" é bem articulada.

    ResponderExcluir
  11. Oi Nana!
    Eu já li Frankenstein, mas faz muuuito tempo.
    Eu não gostei do filme Van Helsing. Tem um filme do Frankenstein que acho melhor (http://www.imdb.com/title/tt0109836/)
    Vou aguardar suas resenhas dos outros livros!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Eu não conhecia muito a história do Frankestein, mas não é algo que me chame muita atenção...
    Na minha opinião o monstro está mais para o criador do que para a criatura.

    Beijos
    Nathalia Duarte
    www.mentalmorfose.com

    ResponderExcluir
  13. O que? Como assim Frankenstein não é aquele "monstro"? Fiquei abobada agora!
    Eu fiquei com medo de pegar pra ler esse livro e me assustar. :x Então quanto a ser um livro trágico e emocional eu gostei. :)
    Uma pena que as cartas sejam cansativas. :/

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  14. Arrasou na resenha!
    Amei!
    Nunca li, mas sempre tive vontade. Só não sabia que as adaptações eram tão ruins.

    Beijos.

    Carissa
    Arte Around The World

    ResponderExcluir
  15. Faz tempo que tenho vontade de ler Frankenstein e O médico e o monstro também, um professor de literatura que eu tive falava bastante do livro e apesar de ter o livro aqui eu só fico enrolando para começar heheh
    Gostei do curta, essas raridades são muito legais :)

    ResponderExcluir
  16. Que legal! Adorei, ainda mais por juntarem três histórias tão maravilhosas e famosas num livro só. Fiquei morta de vontade de ler, adoro esses temas!

    Você já viu a Gincana de Revitalização que estamos fazendo? As inscrições vão somente até 25/04, corre lá e participe dos desafios, concorrendo a vários prêmios! http://hangoverat16.blogspot.com.br/2012/04/gincana-de-revitalizacao-001.html

    xx carol

    ResponderExcluir
  17. mlr eu nao sei se eu entendi tua resenha mt bem
    hauahauahauahauaha
    qd tu comeou a falar do livro eu achei fosse ser mt show, mas no final n foi bem isso q tu achou neh?!
    ctz q eu quero a resenha das outras historias p ver se sao melhores ^^

    bju
    letracomasa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Me surpreendi muito lendo esse livro,pq eu achava que erá muito diferente,sei lá.Mas é um livro muito bom.
    bj
    pordentrodacapa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Olá sejam bem vindos e deixem suas opiniões, com respeito, aqui.

Algumas observações:
- Comentários que não tenham relação com a postagem, serão removidos e não serão respondidos.
- Divulgações, exceto de autores, são removidas e não são respondidas.
- Comentários irrelevantes como: 'ah adorei a postagem', 'adorei a coluna', 'que legal o post' e outros no mesmo nível, são mantidos mas não são respondidos. Até porque, o que iríamos responder, né?

Popular Posts

Like us on Facebook

Subscribe