Série: Fringe 3x12 - Concetrate and Ask Again

domingo, fevereiro 20, 2011


Quando um cientista morre após ingerir um pó azul letal que desintegra os ossos do seu corpo, o CDC suspeita que isso seja um ataque biológico. Enquanto a Equipe de Fringe investiga, um assunto do passado do Walter cria vínculos com Olivia que relutantemente concorda em ajudar com um caso intenso.

O episódio começa com uma “invasão” ao cofre de William Bell, na Massive Dynamic, mas não há com o que se preocupar, é apenas Nina Sharp, que encontra lá exatamente aquilo que esperava: um outro exemplar do livro das Primeiras Pessoas. Nina chama Olivia para mostrar todos os exemplares, em diferentes línguas, mas que dizem estritamente a mesma coisa.
Aparece-nos, então, uma Olivia na forma que eu, particularmente, não gosto de ver: insegura. Após ler as anotações pessoais de Bolivia e perceber que a usurpadora desenvolveu sentimentos reais por “PB”, a agente começa a ponderar se Bishop corresponde a esses sentimentos, uma vez que Bolívia é exatamente igual a ela, porém melhor, sendo divertida e tendo amigos. Além de não ter sido um experimento científico quando criança. E, como dizem, o amor é visto nas pequenas coisas, e é exatamente aí que Olivia começa a perceber o amor de Peter. Por Bolivia. Mesmo que seja num café errado, que depois de tanto tempo de convivência, ele não erraria. Nina aconselha Olivia a conversar com Peter, já que ela não pode ler seus pensamentos. Bem, ela não...
Para solucionar o caso com o qual a Divisão Fringe tem que lidar dessa vez, é necessário interrogar um suspeito em coma. Como fazer isso? Simples: lendo pensamentos. Algo que se torna quase banal graças às crianças tratadas com Cortexiphan. Olivia e os Bishop vão ao encontro de Simon Phillips, um homem que vive isolado para não ser atormentado por vozes em sua cabeça. E não, elas não são imaginárias.
Após uma recepção nada amigável e muita insistência de Olivia, Simon concorda em ajudar na investigação. O leitor de mentes acaba ajudando a resolver não só o caso, como as dúvidas de Olivia. Mesmo dizendo que ninguém deve saber o que os outros realmente pensam, Simon dá uma a carta para Olivia e, em uma pequena frase, ele responde a todas as perguntas da agente: “Ele ainda tem sentimentos por ela.”
Enquanto isso, de volta à Massive Dynamic, Nina continua analisando todas as versões do livro das Primeiras Pessoas, o que acaba levando-a a Sam Weiss. Este, por sua vez, esclarece que o destino dos universos não está nas mãos, mas no coração de Peter.

(*****) 4 estrelas
BY COLABORADORA ANNA CLÁUDIA

You Might Also Like

1 COMENTÁRIOS

  1. Aaaaaaaaaaii! Fringe! Adoro! Tô no meio da segunda temporada, pq comecei tem pouco tempo, mas tô louca pra chegar na terceira logo. Lendo centenas de spoillers todos os dias! *-*

    ResponderExcluir

Olá sejam bem vindos e deixem suas opiniões, com respeito, aqui.

Algumas observações:
- Comentários que não tenham relação com a postagem, serão removidos e não serão respondidos.
- Divulgações, exceto de autores, são removidas e não são respondidas.
- Comentários irrelevantes como: 'ah adorei a postagem', 'adorei a coluna', 'que legal o post' e outros no mesmo nível, são mantidos mas não são respondidos. Até porque, o que iríamos responder, né?

Popular Posts

Like us on Facebook

Subscribe