Série: Fringe 3x11 - Reciprocity

domingo, fevereiro 20, 2011


Quando a Equipe de Fringe chega no local em que a Massive Dynamic montou a máquina do Juízo Final, Walter fica muito preocupado com o bem-estar de Peter, por isso ele recorre a Nina Sharp para aumentar seu poder cerebral pra conseguir compreender a relação de Peter e a máquina. Enquanto isso, a descoberta de um cadáver desencadeia uma intensa investigação.

Esse episódio de Fringe mostrou um Peter que eu – e acredito que a maioria dos fãs – não esperava e muito menos gostaria de ver. Logo no início do episódio, a Divisão Fringe vai até o local em que a máquina de destruição – e/ou, supostamente, criação – do mundo está sendo montada pelos cientistas da Massive Dynamic. É através desse tipo de coisa que eu entendo porque a humanidade está sempre a um passo de ser destruída.
Todos sabemos que Walternativo quer usar essa máquina para destruir o nosso universo, e o que fazemos? Destruímos cada peça que encontramos, é claro, pois assim será impossível montar o dispositivo. Não. Nós somos curiosos e queremos entender a máquina, então juntamos todas as partes que conseguimos e facilitamos o lado dos inimigos. Ainda dizem que o homem é o único ser racional, bah!
Enfim, ao se aproximar da máquina, Peter percebe que o dispositivo reage à sua presença e, infelizmente, esse encontro rende ao Bishop mais que uma linha de sangue lhe escorrendo pelo nariz... O cientista Dr. Falcon sugere uma bateria de exames para descobrir como o dispositivo se liga a Peter, contra a vontade de Walter – e contra a minha também, que não fui com a cara desse metamorfo sujeitinho desde o primeiro momento –, mas Peter concorda.
Depois da breve interação homem-máquina, alguns acontecimentos se iniciam: a morte de diversos metamorfos, cujos nomes pertenciam a uma lista no computador de Bolívia; e o estranho – e mentiroso – comportamento de Peter, o que descobrimos mais tarde, são um só acontecimento. O rapaz vai atrás de respostas e, para isso, não se importa em matar. “Eles não são nem humanos, não estou fazendo nada errado”, como o próprio diz, com uma frieza irreconhecível.
Walter, como sempre, não se conforma com a ideia de não poder salvar seu filho, e recorre a Nina, acreditando que ela o possa ajudar a recuperar aquilo que foi perdido junto com os pedaços de seu cérebro. O resultado só o leva a macaquices, literalmente, mas nos rende algumas das típicas cenas cômicas do Dr. Bishop.
A história mal resolvida de Peter e Olivia também não fica de fora do episódio, e a Agente acaba numa situação onde tem que lidar com as anotações pessoais de Bolívia e todo o seu sentimento pelo homem que enganava. O curioso é que Olivia utiliza a mesma frase da usurpadora “Isto pode ter começado como uma missão, mas se tornou algo mais”. Faz sentido até, uma vez que elas são a mesma pessoa – e, pelo visto, não só geneticamente, mas sentimentalmente.
Também referente às anotações de Bolívia, vemos um Peter que, sempre acostumado a enganar pessoas, não quer que sua amada o veja na posição de enganado. Olivia, então, admite que estava muito preocupada com o mal que a usurpadora causara à ela, e esquecera do mal que Peter também havia sofrido. Agora que Bolívia se foi, tudo aquilo poderia ser deixado no passado. Talvez seja mais um passo em direção ao acerto dos ponteiros desses dois. Yey!
Entretanto, a minha alegria não durou muito já que, o Peter sincero, bondoso e “apegável” – como foi bem descrito por Bolívia – parece não existir mais, ou estar perdido bem no fundo daquele Peter que emergiu ao contato com o dispositivo. Toda relação é recíproca, como bem explicou Walter. Peter tocou a máquina, e a máquina tocou Peter. Ele agora é uma arma. Resta saber contra quem vai atirar.
Glyph Code : ALTER , indicando a alteração que o dispositivo causou na personalidade de Peter.
Observador: dessa vez nosso careca preferido aparece atrás da viatura de polícia, quando Olivia e Broyles encontram o primeiro Metamorfo assassinado.

(*****) 5 estrelas!

BY COLABORADORA ANNA CLÁUDIA

You Might Also Like

0 COMENTÁRIOS

Olá sejam bem vindos e deixem suas opiniões, com respeito, aqui.

Algumas observações:
- Comentários que não tenham relação com a postagem, serão removidos e não serão respondidos.
- Divulgações, exceto de autores, são removidas e não são respondidas.
- Comentários irrelevantes como: 'ah adorei a postagem', 'adorei a coluna', 'que legal o post' e outros no mesmo nível, são mantidos mas não são respondidos. Até porque, o que iríamos responder, né?

Popular Posts

Like us on Facebook

Subscribe