10/09/2014

Livro: Se Eu Ficar - Gayle Forman



Se Eu FicarDepois do acidente, ela ainda consegue ouvir a música. Ela vê o seu corpo sendo tirado dos destroços do carro de seus pais – mas não sente nada. Tudo o que ela pode fazer é assistir ao esforço dos médicos para salvar sua vida, enquanto seus amigos e parentes aguardam na sala de espera... e o seu amor luta para ficar perto dela. Pelas próximas 24 horas, Mia precisa compreender o que aconteceu antes do acidente – e também o que aconteceu depois. Ela sabe que precisa fazer a escolha mais difícil de todas.



Uma sinfonia entre a vida e a morte...




A jovem e violoncelista Mia de dezessete anos sofre um terrível acidente, que não só a afeta mas também, a sua família.
Ela está em coma, porém sabe tudo o que aconteceu e acontece, em volta, e as lembranças de sua vida parecem lhe impulsionar para uma decisão: ficar ou não?

" Embora ela tenha adquirido gosto pela música clássica ao longo dos anos, não é lá uma plateia que se sente sempre deleitada com a minha maratona de ensaios." - pág: 11

Mia estava com seu futuro planejado antes do acidente. Iria para uma faculdade renomada, orgulharia seus pais e mesmo aparentando resistência em ficar longe da namorada, Adam (que tem uma banda de rock) também estava feliz por ela.
Sua melhor amiga Kim, seus avós, todos estavam ali para lhe dar suporte. Contudo, seu futuro não tem importância agora. Enquanto está em coma, as lembranças dos entes perdidos e aqueles que poderá perder, dependendo de sua decisão, lhe invadem e em nada ajudam.
Será que Mia se dará uma segunda chance?

Quando comecei a leitura de 'Se Eu Ficar', logo imaginei que seria rápida, de um dia, pelas poucas páginas.
Porém, é uma narrativa que lhe pede descanso para digerir os acontecimentos e deixar a 'música' lhe invadir. Sim, a música. Ela é presente em toda leitura. A maioria dos personagens têm algo relacionado com ela, e é uma delícia de acompanhar.

" ... Mas a Mia que está aqui, nesta noite, é a mesma por quem me apaixonei ontem e a mesma que vou amar amanhã. " - pág: 85."

O acidente acontece logo nas primeiras páginas e então, Mia entra em coma. A partir daí, o leitor começa a acompanhar lembranças da personagem, o que faz a narrativa intercalar entre o passado e o presente. Isso tem um lado bom e ruim: O bom é que necessita-se para conhecer a história da personagem e nos apegar à ela, entendendo o que a perda a faz sentir. O ruim é que pode ser cansativo e um pouco estressante para os mais afobados. Mas é assim que Gayle usa sua escrita em primeira pessoa, para te emocionar, jogando belos momentos de Mia ao lado de sua família e em especial, o irmãozinho Teddy. As cenas entre os dois, foram as que mais me deixaram tocada.
E em vão, tive esperança de que o sofrimento de Mia fosse se amenizar um pouco, assim como deduzi e julguei com falha alguns caminhos da leitura.
Ainda bem pois, não troco o arrepio que senti ao finalizar a leitura, por nada!

"...Mas eu entenderia se você escolhesse o amor, o amor do Adam em vez do amor pela música. Seja qual for sua escolha, vai sair ganhando. Assim como também vai sair perdendo. O que eu posso te dizer? O amor é uma merda." pág: 175.

E não posso deixar de comentar a arte gráfica do livro que achei encantadora. 
As notas musicais presente em cada página. Ótimo trabalho da editora!
Não costumo gostar da 'capa poster de filme', porque às vezes nem passa a mesma coisa. Porém, foi uma boa escolha e mal posso esperar para assistir a adaptação.

No final do livro ainda temos entrevista com os atores principais e uma prévia do próximo livro 'Para Onde Ela Foi'. Não aconselho pesquisarem a sinopse dele, sem antes ter lido esse!


" Não sei se depois que você morre consegue se lembrar das coisas que aconteceram com você ainda em vida. Há um sentido meio lógico que nos faz pensar que não, não lembramos. Que estar morto é como o estado em que nos encontramos antes de nascer, ou seja, um amontoado de coisas inexistentes. Mas, para mim, pelo menos, os anos que antecederam meu nascimento não são um branco total." - pág: 179.

O Obsession Valley agradece à Editora Novo Conceito por ceder o exemplar para análise.


Autora: Gayle Forman
Título Original:  If I Stay
Série: Se eu Ficar
#1 - Se eu Ficar
#2 - Para Onde Ela Foi
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581635415
Tradutor: Amanda Moura
Publicação: 2014
Páginas: 224
O que tem? Drama, Perda, Música, Relacionamento Familiar

30/08/2014

Lançamentos Literários Setembro/2014 - Harlequin

Oi gente, tudo bem?

Setembro está chegando e a primavera também.
Nada como váárias dicas de romances para se deliciar durante a estação mais fofa do ano.

Confiram as novidades da Harlequin para o mês!
Olhem a lateral do blog e degustem os primeiros capítulos dos livros em destaque.


29/08/2014

Novidades Literárias: Vida & Consciência

Olá queridos leitores, tudo bem?
Hoje trago novidades da editora Vida & Consciência.


Um dos maiores sucessos da autora Mônica de Castro, 'Greta', está com uma nova edição.
Caso tenha interesse pode comprá-lo no site da editora: Clique aqui.



Lurdinha é babá de Tiago, um garoto adorável. Um dia, porém, um terrível acidente acontece e afeta drasticamente a vida da moça. Triste e desiludida, ela tenta viver como pode. Em sua jornada pela sobrevivência, nasce uma nova mulher: Greta! (Skoob)





Aproveite a dica e tenha uma ótima leitura :) 


24/08/2014

Livro: Brilho - Amy Kathleen Ryan

Mais fascinante trilogia desde Jogos Vorazes. A Terra não existe mais, e em duas naves que procuram um novo mundo no espaço, uma menina de 15 anos precisa casar e engravidar para garantir a sobrevivência da humanidade. Enquanto isso, uma sucessão de acontecimentos eletrizantes torna a jornada pelo espaço algo absolutamente imprevisto. Temas como religião, a escolha da mulher e a ideia de poder e dominação vão aparecendo muito suavemente articulados ao longo da trama, amarrando o leitor com surpresas e reviravoltas estonteantes. São temas universais, postos num livro por uma escritora surpreendente e que promete arrasar a cena literária a partir desta sua fantástica criação.

 

“Olhou para o display do vídeo do hangar a estibordo, fantasmagórico e vazio, com a porta do airlock fechada. Não havia ninguém lá. Ampliou a imagem para procurar algum sinal, qualquer que fosse, de sua mãe. E o que viu o deixou alarmado. A nave auxiliar em que ela havia entrado se fora. Não estava mais lá. Devia ter partido durante o conflito.”

A Terra já não é mais um lugar onde os humanos podem habitar e, por esse motivo, temos a New Horizon e a Empyrean, duas naves e seus vários humanos, com a esperança de salvarem sua espécie e viverem em uma Terra Nova
Para isso é necessário que continuem se mantendo e reproduzindo ao longo da jornada. Tudo correria normalmente se a missão de conceber descendentes, para povoar a Terra Nova, não estivesse em risco a bordo da New Horizon.
Com a New Horizon passando por suas dificuldades, a Empyrean terá as suas ao notar que a nave está muito mais próxima do que deveria estar. 
A partir daí, é notável o quão emocionante a leitura se torna.

A narração é dividida entre Waverly e Kieran, portanto, temos a oportunidade de estar em duas naves ao mesmo tempo logo após o ataque da New Horizon – que teve como objetivo tomar posse das meninas da outra nave – a Empyrean.
Waverly, nossa protagonista, é uma personagem muito carismática - no começo do livro, ingênua - mas com os acontecimentos repentinos e por ser uma das meninas mais velhas, seu amadurecimento é notável em meio às situações em que é submetida. 
Kieran é observador e questionador. Notamos como o personagem cresce, porém de forma diferente. Tendo em vista que todos a bordo da New Horizon são religiosos e a maioria a bordo da Empyrean são ateus, podemos ver como algumas pessoas distorcem ou dão argumentos que as pessoas esperam ouvir. Como saber o que é certo e o que é verdade?

Ao começar a leitura é nítido o clima romântico entre Waverly e Kieran, porém o livro não se prende a isso. Outros fatos tão importante quanto, são explorados e seu desfecho deixa muitas pontas soltas. 
Um gostinho de quero mais e aquela ansiedade pela continuação floresce de imediato.


“Os outros garotos olharam para Kieran e, ao menos dessa vez, via-se um temor real nos olhos deles, em vez de raiva. Até mesmo Seth estava com os olhos arregalados e mordia os lábios, que estavam pálidos.”

Primeiro livro da série Em Busca De Um Novo Mundo, possui uma capa de chamar a atenção, bem brilhosa, literalmente. O trabalho feito no livro, sua diagramação, foi muito bem elaborado. 
As páginas pretas repletas de estrelas foi o que mais me chamou atenção e citações de William Shakespeare, Oscar Wilde e outros, nos acompanham durante a leitura.


Autora: Amy Kathleen Ryan
Título Original:  Glow
Série: Sky Chasers / Em Busca de Um Novo Mundo
#1 - Brilho
#2 - Centelha
#3 - Flame
Editora: Geração Editorial
ISBN: 9788581300733
Tradutor: Ana Death Duarte
Publicação: 2013
Páginas: 354
O que tem? Distopia, Romance, Fantasia

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...