terça-feira, 30 de agosto de 2016

Livro com registro da violência sob olhar da vítima é lançado na Bienal

Autora Amanda Oliveira conta como transformou o trauma de ter sido assaltada e baleada em um novo projeto de vida. Lançamento ocorre no dia 31 de agosto, às 19h

Amanda Oliveira é uma mulher comum. Não só por fazer tudo o que outras da mesma idade fazem, como nutrir sonhos e planejar o futuro. Mas por fazer parte de um cenário que, assustadoramente, causa menos espanto e já é quase aceito como corriqueiro. Em setembro de 2005 ela foi assaltada e baleada à queima roupa, entrando para as estatísticas de São Paulo, onde, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado, 53,52% dos roubos na cidade são contra, justamente, cidadãos comuns. O que não é comum, entretanto, é sobreviver com a força necessária para transformar o trauma em aprendizado, esperança e um novo projeto de vida.

Os percalços deste caminho doloroso são contados por Amanda no livro “O Grito que Ninguém Ouviu: Uma História Real de Superação” (R$29,90 | 144 páginas) que será lançado na 24ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, no dia 31 de agosto, às 19 horas no estande da Novo Século Editora (B060).

O livro compila relatos de alguém que teve a vida completamente revirada em questão de segundos, física, mental e emocionalmente. A bala atingiu a região do abdômen e, não bastasse a violência do ato em si e do procedimento invasivo para tentar salvar sua vida, um erro cirúrgico prolongou o sofrimento pela necessidade de mais duas intervenções. Tudo conspirava para um ciclo de rancor, angústia e dor sem fim. Ela pensou em tudo. Alimentava, inclusive, desejo de vingança.

Diagnosticada com Transtorno de Estresse pós-traumático e com Síndrome do Intestino Irritável, Amanda tentou diversos tratamentos. Descobriu numa experiência de coaching que, além dos problemas, também precisaria cuidar da maneira como os enxergava, absorvia, processava e externava. Do que fazer com o que passou, o que poderia ser modificado e como trabalhar o que não tinha jeito. Amanda se tornou psicóloga e mastercoache, hoje, pode afirmar que é possível seguir.

O tempo não coloca as coisas no lugar, mas acalma a tempestade para que façamos isso. O intuito da minha história não é fazer desse livro um manual de como superar as adversidades ou traumas da vida, tampouco uma receita de bolo para a felicidade. O objetivo, na verdade, é contar que é possível reconstruir a vida, mesmo quando tudo parece estar perdido, e inspirar cada pessoa a ser sempre o melhor que pode ser” conta a autora.

O Grito que Ninguém OuviuA maioria das pessoas, por mais diferentes que sejam, querem ter uma vida tranquila, realizar seus sonhos e, principalmente, ter o direito de escolher como viver, sem a interferência de acontecimentos dolorosos e violentos que batem à nossa porta todos os dias, seja através do noticiário da TV, seja nos cercando na esquina de uma rua qualquer. Este livro é um relato pessoal de Amanda Oliveira, uma jovem comum que, no auge de sua vida, experimentou a dor, o desespero e a solidão amarga que só quem vive conhece. Em questão de minutos, viu o seu belo mundo entrar em ruínas por conta da violência gratuita e de toda a negligência que sofreu. O intuito dessa história real não é oferecer ao leitor um manual de como superar adversidades ou traumas, tampouco uma receita de bolo para a felicidade; a vida é complexa demais e a reação de cada ser humano diante dos problemas é diferente. O objetivo, na verdade, é contar que é possível reconstruir a vida, mesmo quando tudo parece estar perdido, e inspirar cada pessoa a ser sempre o melhor que pode ser. No final, se abrirmos bem os olhos, poderemos aprender que perder é ganhar. (Skoob)

O grito do título pode não ter sido ouvido à época da violência, nem pelo tempo que Amanda passou tentando se encontrar, mas está registrado, detalhado, de maneira a ganhar eco em tantas outras histórias, tantas outras pessoas que, independentemente do problema, precisam de saída. E, além, todos que apreciam um livro forte, narrado de forma visceral e que, no mínimo, desperta reflexão a sufoco do conformismo. Um novo grito, que todos podem ler e ouvir.

Informações sobre o livro:
Título Nacional: O grito que ninguém ouviu
Autor: Amanda Oliveira
Nº de Páginas: 144
Preço: R$ 29,90
Editora: Talentos da Literatura Brasileira | Grupo Editorial Novo Século

24ª Bienal Internacional do Livro em São Paulo
Lançamento “O Grito que Ninguém Ouviu” – Amanda Oliveira
Data: 31 de agosto de 2016
Horário: 19h às 20h
Local: Estande Novo Século Editora – B060
Endereço: Pavilhão do Anhembi – Av. Olavo Fontoura, 1209 – Santana – São Paulo

sábado, 27 de agosto de 2016

Lançamentos Literários Agosto 2016 - Novo Século

Olá pessoas, como estão?
Estou aqui morrendo de inveja de quem irá na Bienal. Ai, melhor época do ano para os leitores né? Espero que vocês se divirtam bastante e que no futuro, eu conheça a Bienal de SP. Deve ser tão boa quanto a do Rio.

Mesmo não indo, eu anotei um monte de novidade e gastar futuramente. Nessa postagem tem umas da Novo Século que vocês vão adorar! Não esqueçam de visitar o estande deles: B060. Para mais informações clique aqui.

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Série: Vicious

Freddie e Stuart são um casal gay que estão juntos há quase 50 anos. Suas vidas agora giram em torno de entreter seus convidados frequentes e insultando uns aos outros em cada oportunidade.
A sitcom britânica dos criadores Gary Janetti e Mark Ravenhill estreou em 2013 no canal ITV. Protagonizada por sir Ian McKellen, de X-Men e Senhor dos Anéis, e sir Derek Jacobi, de Anjos da Noite: A Evolução, a série durou pouco, merecendo mais. Apenas três anos, foram suficientes para torná-la uma das minhas séries favoritas e creio que terminou bem, no seu auge.

Freddie e Stuart vivem juntos há um bom tempo num flat, no centro de Londres. Freddie é um ator meio que, falido. Sua carreira é preenchida por pequenas participações, mas ele age como se fosse realmente famoso. Conheceu Stuart quando ele ainda trabalhava num bar e agora moram com seu velho cachorro Balthazar. Sério, cada episódio é necessário checar se o cachorro está morto.
O casal Freddie e Stuart vivem no amor e ódio
A vida social de Freddie e Stuart, é regada por estranhas visitas dos amigos - idosos - sempre economizando na comida e gastando em insultos por todos os lados. Com a chegada no novo vizinho Ash, Iwan Rheon da série Game of Thrones, que por ser novo sempre está se esquivando da atirada Violet, Frances de la Tour da série Outlander, o grupo o acolhe bem e é como se ele fosse um filho adotado pelo casal ranzinza. É o que menos recebe ofensas, vamos dizer assim. Mas, apesar dos comentários maliciosos, ofensas sobre idade e aparência e mais...eles sentem um amor grandioso pelo outro que pode até te levar às lágrimas.

Costumam dizer que os britânicos não têm humor. Quem diz talvez ainda não tenha assistido Vicious. Uma comédia cretinamente deliciosa, mas que sempre nos deixa com gosto de quero mais. Pense na sua série favorita do momento. Pensou? Agora pense, que sua série favorita tem apenas seis episódios por temporada com vinte minutos! É para rever sempre!! A cada final de episódio, é impossível não querer mais desse grupo de amigos, em especial o casal principal e suas amigas Violet e Penelope
Penelope, melhor pessoa ♥
Ah, Penelope! Ela é divertidíssima. Ela é meio esquecidinha e na maioria das vezes fica meio deslocada das conversas, pois esquece como chegou ali ou o assunto mesmo, mas sempre soltando algo inapropriado. A atriz Marcia Warren, é um show a parte interpretando a personagem que sempre nos diverte, porém, no episódio final sua reflexão acaba nos emocionando. Pena que a atriz, não teve o reconhecimento merecido.

É meio complicado indicar séries de comédia, pois humor é relativo. O que me faz rir talvez nem faça 25% dos que visitam o blog, rir também. Como já explanei que é uma das minhas séries favoritas, posso ressaltar que o único ponto negativo é essa série ter sido curta. Mas, deixa muitas lembranças divertidas, de certo. 
Tão amorzinho...
Para quem curte sitcoms, Vicious é uma boa pedida e para quem nunca assistiu uma série de comédia, dê uma chance. E uma chance de ver Ramsay Bolton, sendo amorzinho...além de Misfits, claro...mas, isso é assunto para outra postagem.

PARTICIPE DO GRUPO FRIENDS FOR SERIES NO FACEBOOK

Título Original: Vicious
Status: Finalizada
Nacionalidade: Britânica
Criadores: Gary Janetti e Mark Ravenhill
Roteiro Adaptado?: Não
Ano: 2013 / Mid-Season
Censura: 14 anos
Duração de Episódios: 20min
O Que Assistirei?: Comédia, Deboche, Amigos
Elenco Principal: Ian McKellen, Derek Jacobi, Iwan Rheon, Marcia Warren, Frances de la Tour, Philip Voss, entre outros.
Trilha SonoraIMDB
Abertura/PromoFreddie - Abertura
Canal Britânico/Americano: ITV
Canais Brasileiros: ?

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Livro: Sopro de Vida - Marion Lennox

Hoje a resenha será sobre um duo da coleção Special da Harlequin
São dois romances doces; sem tom erótico. Com destaques para animais e uma boa pedida para quem curte leituras rápidas. Ah, e a gravidez só é destaque em um deles.


Sopro de VidaDOCE REBELDE - MARION LENNOX O banqueiro Mathew Bond não havia ido até aquele circo apenas para reviver os bons tempos de infância. Por ter passado muitos momentos lá, fez questão de entregar pessoalmente a ordem de despejo para os donos. Mas cometeu um grande erro! A Incrível Mischka – ou melhor, Allie – é mais perspicaz do que o seu collant cor-de-rosa sugere. E não vai deixar que um engravatado expulse sua família, apesar de ser o homem mais lindo que ela já viu na vida! Entretanto, Allie logo descobrirá que por debaixo da superfície fria de Mathew bate um coração de ouro.

No primeiro romance conhecemos Allie, seus avós e o Circo Sparkles que, apesar dos 140 anos de estrada, está na falência. O avô já fez de tudo para salvá-lo e isso acumulou várias dívidas. Então, o banqueiro Matthew Bond tem a difícil missão de encerrar os empréstimos e tirar velho Henry dos negócios. O avô de Allie, não reage bem e acaba no hospital. Porém, naquela noite ainda haveria um espetáculo e precisariam de um apresentador. E não é que Matthew Bond é a escolha perfeita?

Matthew frequentara o circo ainda novo. Sua tia Margot, o levava durante as férias de verão. Agora ela não é tão animada quanto antes e se exclui do mundo, dizendo que está morrendo, pois não consegue superar a morte de seu cão. Margot tem muito carinho pelo Circo Sparkles e consegue com que eles ainda tenham mais duas semanas. Duas semanas, que são suficientes para aproximar Matthew e Allie deixando a afeição florescer.

"Algo estava acontecendo ali, algo mais forte do que ele. Não entendia o que era, mas não tinha esperança de lutar contra isso."

Com uma narrativa simples, Marion Lennox trás um lado fofo para seu romance com a ajuda dos animais e o clima australiano. Ah! Vamos focar nos bichinhos adoráveis, principalmente o camelo Pharoah, de Allie, com quem divide momentos amigáveis. Sua protagonista crescera no circo então, há um apego imenso com todos, como se fossem família. Por outro lado, faz com que ela estranhe muita coisa e complica seus sentimentos por Matthew.  Já o rapaz é feito de traumas de infância que até, talvez, o impedissem nutrir certo sentimento, porém a companhia de Allie o agrada cada vez mais, com o passar das páginas.

Doce Rebelde é daqueles romances fofinhos, mas que parece faltar algo mais. A recusa de Allie a não se entregar ao romance, não me convencia, pois não via nada de grandioso para afastar os dois e o desenvolvimento é bem fraco. E ainda rola uma pegadinha com a capa que passa a impressão de que os dois romances terão a gravidez como destaque, mas não na primeira história.

Sopro de VidaFURACÃO DE MUDANÇAS - MARION LENNOX
Ben Logan nunca pediu ajuda a ninguém, até ser carregado por um furacão para uma praia. Lá, sua vida fica nas mãos da adorável enfermeira Mary Hammond. Isolados, os dois se livram de suas inibições e se rendem ao calor do desejo. Mesmo depois de resgatados, Ben não consegue esquecer Mary e as noites de paixão que viveram enquanto se protegiam da tempestade. Mas quando ela aparece em seu escritório, três meses depois, trazendo consigo uma surpresa, Ben sabe que suas vidas haviam mudado para sempre…

O segundo romance se passa na Nova Zelândia, onde conhecemos Mary, uma enfermeira fã de roller derby, e seu cachorro Heinz. A Ilha Hideaway está enfrentando uma perigosa tempestade e eles precisam de um local seguro, para a proteção. Mary escolhe uma caverna próxima à praia, onde encontra um corpo na água. Ele só estava inconsciente e, em meio a tempestade, consegue arrastá-lo, o salvando.

Ben e seu irmão Jake estavam navegando quando a tempestade iniciou. Jake ainda conseguira ser salvo e a última imagem de Ben, do irmão, é dele sendo levado pelas cordas de um helicóptero. Após ser encontrado por Mary, acaba impressionado pela dedicação e a forma como ela cuida deles. Dos ferimentos de Ben e a proteção na caverna.

O silêncio é sempre raro. Pouco a pouco se conhecem e os laços começam a se formar junto com belas faíscas. A inevitável atração surge e não resistem um ao outro. Poderia ter sido momentâneo e depois da tempestade, nunca mais soubessem um do outro. Porém, mesmo que com receio - um mês depois - Mary se vê em Nova York atrás dele. Ele precisava saber. Precisava saber que seria pai.

"Porque ela o ouvia e o abraçava, e as palavras eram absorvidas e guardadas. De alguma forma, dentro daquele casulo, sentia a armadura em volta do coração fraquejar e rachar."

De início, Ben não reage muito bem à notícia. Acreditei que a autora fosse focar no drama dele ser rico e tals, mas se igualou ao mesmo problema emocional do primeiro romance: traumas de infância. Tanto Ben Logan quanto Matthew Bond, guardam mágoas de familiares e tiveram perdas. Só que nesse, o desenvolvimento foi melhor, porém há suas falhas, como o final com pontos abertos, que aliás, um relacionado à gravidez, foi frustante.

A narrativa é melhor desenvolvida e toda questão da sobrevivência, se torna bem interessante de acompanhar. Mary é uma protagonista otimista e com certo carisma. Para quem curte um romance mais light, o duo de Marion Lennox é uma boa pedida.

Achei legal que a imagem da capa nacional, é a original, do segundo romance.


Autora: Marion Lennox
Título Original: Sparks Fly with the Billionaire / Nine Months to Change His Life
Origem: Literatura Australiana
Editora: Harlequin
Tradução: Vanessa Mathias Gandini / Rafael Bonaldi
ISBN: 9788539816972
Publicação: 2015
Páginas: 320
Série: Somente o segundo romance:
The Logan Twins
#1: Furacão de Mudanças (escrito por Marion Lennox)
#2: The Maverick Millionaire (escrito por Alison Roberts)
O Que Tem?: Romance, Animais, Oceania

 

Obsession Valley | Livros, Filmes, Séries e outras coisas... Template by Ipietoon Cute Blog Design